Brasília-DF,
30/SET/2020

Caia na balada: Roda de funk com a Funqquestra é destaque na Criolina

Outros eventos como projetos musicais, rodas de samba e festas eletrônicas também animam o fim de semana

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Lisa Veit* Adriana Izel Publicação:24/01/2020 06:01Atualização:23/01/2020 20:11
 (Nina Quitana/Divulgação)

Show interativo


Banda instrumental brasiliense, a Funqquestra (foto), inicia o ano com um projeto que combina as raízes no funk, no jazz, no pop e na MPB, com uma estrutura emprestada das rodas de samba adaptada com bastante interação com o público e palco no formato 360°, em show nesta sexta (24/1), a partir das 22h, na Cervejaria Criolina (SOF Q 1).

Essa não será a primeira vez do grupo no formato. A Funqquestra havia feito show similar no Clube do Choro (Eixo Monumental), no ano passado, quando gravou um disco. No entanto, essa é a estreia da combinação do 360º no palco com um repertório diversificado, com novos arranjos, improvisos e muita interação com o público, em uma proposta apelidada de "roda de funk".

O repertório será uma mescla de músicas autorais com clássicos rearranjados de Tim Maia, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Bruno Mars, Michael Jackson e Stevie Wonder. Quanto à dinâmica do show, improvisações e canjas em formato levemente informal e livre, com muita proximidade do público, que se torna o nono elemento da banda. "Vários arranjos nossos foram pensados e só fazem sentido com a participação da galera", afirma Bruno Gafanhoto, idealizador do projeto.

O coletivo instrumental conta com aproximadamente 30 músicos que se alternam entre os shows, em cada apresentação são sempre oito integrantes no palco, com duas baterias, baixo, guitarra, teclado e três metais. Os ingressos estão à venda no aplicativo e no site Sympla por R$ 30 (segundo lote e meia-entrada). Não recomendado para menores de 18 anos. 

*Estagiária sob supervisão de Igor Silveira


Retorno do projeto

 (ACF Cropped/Divulgaçã)


O Pier 21 (SCES, Tc. 2) recebe na sexta-feira a primeira edição de 2020 do projeto Pier musical. A estreia do ano será com o músico Paulo Novaes (foto). Pela primeira vez em Brasília, o cantor e compositor é conhecido pela faixa Perdoa, sucesso gravado no ano passado pelo duo Anavitória. No show, o artista apresentará o repertório dos dois trabalhos da carreira, Lugar comum (2019) e Esfera (2016). A abertura da noite fica por conta da dupla brasiliense Tiju. Os artistas farão um show com base no mais recente álbum, Estrada arranha-céu, que tem canções como Gisa e o céu e Bambina. A iniciativa começa às 20h e tem entrada franca. Classificação indicativa livre.


Batida eletrônica

 (Leo Castro/Divulgação)


A cantora Amannda (foto) é a atração de sábado (25/1) na Festa Verano na Victoria Haus (SAAN, Qd. 1). A artista chega à capital federal acompanhada da parceira Nikki Valentine. No show, as duas apresentarão canções como Don’t you dare e Yes. A noite ainda terá discotecagem dos Djs Bell Roncoli (Rio de Janeiro), Bruno Pachedo (Lisboa), Dominick (Curitiba) e Bezzi (BH). Entrada a R$ 29,99 (pista), R$ 59,99 (backstage house) e R$ 199,99 (combo backstage). À venda em www.ingressosvictoriahaus.com. Não recomendado para menores de 18 anos.


Samba gratuito

 (Arquivo Pessoal)


Em clima de carnaval, o projeto Que Trabalho É Esse? (foto), criado em 2016, comanda mais uma roda de samba no Setor Comercial Sul. Dessa vez, o grupo se apresenta no Espaço Cultural Canteiro Central, na Quadra 3, com um repertório dedicado à folia momesca. "Nossa ideia é tornar o Setor Comercial um ponto de encontro da galera, e nada melhor que trazer uma boa roda de samba, no coração da cidade, para reunir gente do bem em torno da cultura popular", afirma Carlos Alves, sócio do Canteiro Central, em material de divulgação. A entrada é franca. Não recomendado para menores de 18 anos.


Outros agitos

A festa Vapor comemora três anos com edição na sexta, às 22h, no bar Birosca (Conic). A grande atração é o Dj holandês Carlos Valdes. O line-up tem ainda Tonny Rocks, Keyler e Preta. Entrada franca até 0h45, mediante retirada no site http://bit.ly/vapor3anos. Não recomendado para menores de 18 anos.

Sábado, a partir das 22h, o Velvet Pub (102 Norte) recebe a festa Red Velvet. O som ficará a cargo dos Djs Weird Rockers e She’s My Fave. Entrada a R$ 15 (até as 23h) e R$ 20 (após). Valores de meia-entrada. Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES