Brasília-DF,
05/JUL/2020

Álamo Facó se distancia da imagem cômica com o Renan de Amor à vida

Confira abaixo um pequeno bate-papo com o ator

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:22/09/2013 06:03Atualização:20/09/2013 15:44

Em cena (E), contracenando com Ricardo Tozzi: %u201CSempre gostei de personagens não cômicos%u201D (João Miguel Júnior/TV Globo)
Em cena (E), contracenando com Ricardo Tozzi: %u201CSempre gostei de personagens não cômicos%u201D

O psicólogo Renan interpretado por Álamo Facó em Amor à vida é distante anos-luz de dois de seus personagens mais marcantes na Globo, o Quequé de Lado a lado (2012) e o Wilson, da minissérie A mulher invisível (2011), papéis que o celebrizaram no segmento da comédia. Com o desempenho atual, ele mostra estar aberto a outras abordagens. “Sempre gostei de personagens não cômicos”, diz. “Gosto muito de filmes e peças barra pesada, livros profundos. Faço muitas peças com temáticas fortes.” Foi no teatro, a propósito, que ele despertou para a carreira artística. “Estar na televisão também é muito bom. Eu, particularmente, nunca tive problemas com as câmaras. Acho que isso também se deve ao fato de que sempre quis fazer cinema.” Veja mais sobre o ator, em rápido bate-papo.

Nome: Álamo Facó Soares Drummond.
Nascimento: Em 10 de abril de 1981, no Rio de Janeiro.
O primeiro trabalho na tevê: A turma do Pererê, exibida pela TVE Brasil, em 1998.
Interpretação memorável: “Al Pacino, no filme O poderoso chefão (1972), na cena em que a filha do personagem dele morre”.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK