Brasília-DF,
08/ABR/2020

Ao levar técnicas do teatro para TV, Mateus Solano enriquece personagens

O ator está fazendo sucesso atualmente como o personagem Félix de Amor à vida

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:13/10/2013 06:02Atualização:13/10/2013 11:40

Com Larissa Maciel, em Maysa: consagração do ator teve início na minissérie, exibida em 2009 (Renato Rocha Miranda/TV Globo)
Com Larissa Maciel, em Maysa: consagração do ator teve início na minissérie, exibida em 2009

Atores com a versatilidade cênica de Mateus Solano não costumam aparecer a todo momento. Brasiliense criado no Rio de Janeiro, ele se tornou conhecido pelo talento com que consegue interpretar personagens de perfil diferente, sejam mocinhos, vilões ou, entre um e outro, aqueles com acento cômico ou sarcástico. O sucesso veio em 2009, na minissérie Maysa — quando fala o coração, em que ele viveu Ronaldo Bôscoli e contracenou com Larissa Maciel no papel-título. No mesmo ano, fez irmãos gêmeos de Paraíso tropical. Em Gabriela (2012), fez a torcida feminina suspirar com o romântico e ético Mundinho Falcão. Atualmente, é um dos personagens mais comentados de Amor à vida: o maquiavélico Félix, dono de bordões que rapidamente ganharam as ruas. “Consegui trazer minha qualidade de ator de teatro para a televisão”, resume, sem falsa modéstia. “Isso é muito bom e não quero perder.” Como poucos, ele sabe que o exercício da dramaturgia não permite ao ator a acomodação. É assim que tem conquistado o público.

Você tinha ideia da dimensão que Félix iria tomar nos rumos da história antes da estreia de
Amor à vida?


Não. Na verdade, ele foi escrito para ser um sucesso e eu tinha de acertar logo de cara. Estava muito nervoso para assistir ao primeiro capítulo. Quando assisti, falei: “Ah! Encontrei o caminho: é esse”.

Como foi sua preparação para o papel?

A gente ficou bastante com o Sergio Penna (preparador de atores para cinema e televisão), uma coisa rara e que era muito necessária. Acho que é muito necessária em uma Globo de hoje, que está querendo resultados e começa a perceber que a qualidade do trabalho do ator é essencial para o sucesso dos produtos. E a preparação com o Sergio Penna foi um ganho danado nesse sentido. Ele nos ajudou muito. Além disso, li e busquei coisas sobre maldade.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK