Brasília-DF,
05/JUN/2020

Diretores falam sobre risco na abordagem de estéticas experimentais na tevê

Para Luiz Fernando, o mais complicado é se fazer reconhecido por sua pegada mais artística

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:03/11/2013 06:03

Fernando Pavão e Heitor Martinez, em cena de Pecado mortal
 (Michel Angelo/TV Record)
Fernando Pavão e Heitor Martinez, em cena de Pecado mortal

Fiel à sua vocação como veículo de massa e com a audiência na ordem do dia, a televisão aberta poucas vezes abre mão da máxima “em time que está ganhando não se mexe”. Isso fica claro ao zapear a programação de qualquer emissora nacional. Todas parecem engessadas em um padrão antigo e com produtos e rostos já conhecidos do grande público. Na teledramaturgia, os efeitos podem ser comprovados a partir do formato e da linguagem folhetinesca há tanto pré-estabelecida, tentando sempre o equilíbrio perfeito entre romance, drama e comédia, aliados à força de um elenco de medalhões.

“Não existe fórmula para o sucesso, mas a televisão segue uma receita. Até o sujeito mais experimental e artístico precisa respeitar os padrões. E ter a percepção de subvertê-los no momento certo. É um trabalho de convencimento com a direção artística”, avalia Ricardo Waddington, diretor de núcleo de Além do horizonte, intrincada nova novela das sete da Globo, e responsável por ousadas produções de resultados oscilantes, como o sucesso popular Avenida Brasil e o fracasso western Bang bang.

Em meio a tanta repetição, diretores como Walter Avancini, Luiz Fernando Carvalho, Guel Arraes e Daniel Filho, além de autores como Dias Gomes, Lauro César Muniz, Walcyr Carrasco e João Emanuel Carneiro, conseguiram ir além do óbvio ao conceber trabalhos diferentes e que fogem ao lugar-comum. Para Luiz Fernando, diretor de produções de estéticas apuradas e cheias de referências, como Hoje é dia de Maria, Capitu, A pedra do reino e Suburbia, o mais complicado é se fazer reconhecido por sua pegada mais artística.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK