Brasília-DF,
31/MAR/2020

Famosos atores do cinema se destacam nos principais seriados de tevê

O sucesso das séries atrai cada vez mais dinheiro para as emissoras e, consequentemente, mais artistas se interessam por esse intercâmbio entre as mídias

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Juliana Figueiredo - Especial para o Correio Olívia Florência Publicação:22/12/2013 06:00Atualização:22/12/2013 14:00

Estrela de Debi & Lóide, Jeff Daniels é o protagonista de The newsroon (Lucy Nicholson/Reuters)
Estrela de Debi & Lóide, Jeff Daniels é o protagonista de The newsroon

Chegar em Hollywood é um grande sonho para muitos atores, que enxergam nos estúdios norte-americanos o mais alto patamar de sucesso na carreira de um artista. Nomes como George Clooney e Will Smith começaram nas séries e viraram estrelas do cinema; outros como Jason Segel e Neil Patrick Harris, ambos do seriado How I met your mother, conciliam participações em produções hollywoodianas com papeis de mais destaque na televisão. A novidade é que, num caminho inverso, atores renomados das telonas estão trabalhando em produções televisivas e alcançando resultados supreendentes.

Para provar que a ida à tevê não é sinônimo de fim de carreira, temos Kevin Spacey dando um show em House of cards, Michael Sheen brilhando em Masters of sex, e Michael J. Fox destaque em The Michael J. Fox show. Todos os três estão entre os indicados ao Globo de Ouro 2014, premiação que será realizada em 12 de janeiro.

O sucesso das séries atrai cada vez mais dinheiro para as emissoras e, consequentemente, mais artistas se interessam por esse intercâmbio entre as mídias, numa busca por novos desafios, roteiros interessantes e liberdade criativa. Nesta edição do TV+, a reportagem do Correio aponta séries estreladas por atores que você provavelmente já viu nas salas de cinema.

 

Disputa por prêmios

Kevin Spacey é ator e produtor do sucesso House of cards ( Netflix/Divulgação)
Kevin Spacey é ator e produtor do sucesso House of cards

Kevin Spacey é o protagonista de House of cards. O ator tem dois prêmios Oscar pela atuação no cinema — um por Os suspeitos (1995) e outro por Beleza americana (1999). Mesmo com algumas participações na tevê, essa é a estreia como protagonista.

House of cards mostra os bastidores do poder americano em Washington a partir dos olhos — e opiniões sarcásticas — do senador Francis Underwood. Spacey  dá o tom correto: não exagera nas cenas dramáticas nem é caricato nas cenas cômicas. Underwood é um senador ganancioso, porém, inteligente e articulado. As falas rápidas e as longas explicações poderiam parecer cansativas se ditas por qualquer outro, mas Spacey vende bem o personagem, que, mesmo com a pinta (e os atos) de vilão,  agrada.

O ator foi indicado ao Emmy, mas perdeu para Jeff Daniels, de The newsroom. Agora, Spacey tem uma indicação para o Globo de Ouro de melhor ator e outra para o SAG, prêmio escolhido por atores, no qual concorre com  Daniels novamente. A primeira temporada de House of cards pode ser vista no Netflix, e a segunda estreia em 14 de fevereiro.

A vitória de Daniels como melhor ator em série dramática no último Emmy surpreendeu. Não que o ator, indicado ao Globo de Ouro pelo papel em A rosa púrpura do Cairo (1985) e premiado por A lula e a baleia (2005), desaponte em The newsroom. Mas ele concorria com Bryan Cranston, de Breaking bad; e Jon Hamm, de Mad men. 

A interpretação de Daniels para o polêmico Will McAvoy, âncora  do News Night, é correta e interessante. A segunda temporada da série pode ser conferida na HBO 2.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK