Brasília-DF,
08/ABR/2020

Em Amor à Vida, Raquel Villar ganha repercussão com personagem que tem AIDS

Para a atriz, a abordagem da temática é importante para desmitificar um assunto tratado como tabu pela sociedade

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Carta Z Notícias Publicação:09/01/2014 06:03Atualização:09/01/2014 10:14
Raquel Villar, a Inaiá de Amor à Vida  (Jorge Rodrigues Jorge/CZN)
Raquel Villar, a Inaiá de Amor à Vida

O prolongamento de Amor à Vida fez com que Walcyr Carrasco criasse novas tramas dentro do folhetim. Este foi o caso de Raquel Villar, que vive a enfermeira Inaiá. A personagem ganhou maior repercussão na história ao descobrir que tinha AIDS. "As pessoas falam muito mais nas ruas sobre meu papel. É engraçado que muitos perguntam se eu estou realmente bem", afirma ela, que foi pega de surpresa com a virada nos rumos de Inaiá.

"Fiquei muito feliz e ansiosa. É um assunto muito delicado e importante. Acho interessante a abordagem desse tema", completa. Apesar do pouco tempo que teve entre receber a notícia e começar as gravações, Raquel iniciou um intenso trabalho de estudo e preparação para o papel. "Li muitos livros sobre o assunto e vi filmes. Mas conversei com pessoas soropositivas também e fiquei bem íntima deles. Na verdade, é um estudo contínuo", explica.

Para a atriz, a abordagem da temática é importante para desmitificar um assunto tratado como tabu pela sociedade. "É importante passar a informação correta. Muita gente tira opiniões erradas por conta de crenças e fantasias populares. AIDS não pode ser algo polêmico", argumenta.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK