Brasília-DF,
04/JUN/2020

Reynaldo Gianecchini busca abandonar estigma de "rostinho bonito" e se firmar na tevê

A fórmula escolhida pelo ator foi se dedicar aos estudos indo a uma pela ou ao cinema

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:23/02/2014 07:07
Em nova novela, Gianecchini dá vida ao personagem Cadu (João Miguel Júnior/Globo)
Em nova novela, Gianecchini dá vida ao personagem Cadu

Reynaldo Gianecchini tinha 28 anos, um tanto tarde para iniciar uma carreira, quando despontou na vida artística. Em 2000, o então interiorano de Birigui (SP) e marido da apresentadora Marília Gabriela protagonizou a novela Laços de família, de Manoel Carlos, na pele de Eduardo. Ele era um ator novato, cru e inexperiente, cujo trabalho na novela recebeu pesadas críticas de comentaristas e do próprio público. Porém, ao que parece, o galã buscou formas de contornar as adversidades.

Giane começou a carreira no teatro e alega ter herdado dos palcos uma enorme força de vontade. Conhecido no meio por ser extremamente disciplinado e responsável, ele sempre tentou se desvenciliar do rótulo de “rostinho bonito”. A fórmula escolhida pelo ator foi se dedicar aos estudos. Entre uma novela e outra, buscava se reciclar indo a uma peça ou ao cinema.

Depois de 14 anos da estreia, Reynaldo Gianecchini volta ao ar em uma novela de Manoel Carlos. Mesmo sem ser o galã, ele agora é visto como um ator e não mais como um modelo que ganhou espaço na tevê. Um indicativo é que a crítica soube reconhecer os bons e maus momentos do artistas — como no remake da novela Guerra dos sexos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK