Brasília-DF,
06/ABR/2020

"Febre do ouro" mostra cotidiano de família em busca de se tornar milionária

Com tema inusitado, o seriado expõe três famílias norte-americanas envolvidas com o perigoso e lucrativo processo de extração de ouro

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Lucas Lavoyer - Especial para o Correio Publicação:11/05/2014 06:04Atualização:09/05/2014 14:40
Atração do Discovery Channel acompanha os desafios de mineradores ( DCL/Divulgação)
Atração do Discovery Channel acompanha os desafios de mineradores

Maleáveis, os reality shows abrem espaço para qualquer assunto, até mesmo aqueles mais inusitados. Um exemplo é o programa Febre do ouro, do Discovery Channel, que conta o dia a dia dos mineradores do Alasca — além de mostrar os acidentes sofridos pelos trabalhadores. A atração, que está na quarta temporada, é exibida aos domingos, a partir das 20h30.

O seriado segue a vida de três famílias norte-americanas envolvidas com o perigoso e lucrativo processo de extração de ouro. Na temporada atual, duas delas operam tratores e máquinas escavadoras sobre o solo congelado do Alasca, enquanto a outra explora as florestas sul-americanas.

Os grupos liderados pelas famílias Hoffman, Dakota e Schnabel estão no ar desde dezembro de 2010, quando o reality começou a ser exibido. O amadurecimento durante este tempo é visível. Na primeira fase, os mineradores, ainda iniciantes, encontraram dificuldades para retirar do solo pepitas suficientes para arcar com as despesas do processo — fato que quase culminou com o fim da atração.

No terceiro ano do show, a arrecadação aumentou e levou sorrisos aos acampamentos improvisados. Enquanto os Schnables e os Dakotas acumularam quase US$ 500 mil em ouro, os Hoffman somaram mais de US$ 1,2 milhão.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK