Brasília-DF,
20/OUT/2017

Camila Morgado vai interpretar Maria Angélica no remake de "O Rebu"

A atriz vai interpretar Maria Angélica na trama que a Globo exibirá na faixa das 23 horas a partir de julho

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Agência Estado Publicação:17/05/2014 07:00
 ( Luiza Dantas/Carta Z Notícias)

Camila Morgado está totalmente focada em seu novo trabalho: interpretar Maria Angélica no remake de "O Rebu", trama que a Globo exibirá na faixa das 23 horas a partir de julho. Na versão original, que foi ao ar há 40 anos, a personagem que gosta de homens mais jovens foi feita por Yara Cortes (1921-2002). Todo o elenco da trama está rodando cenas da novela em uma mansão em Buenos Aires (Argentina) desde o último dia 24 de abril. É nessa locação que a trama será desenvolvida ao longo dos seus 37 capítulos, desvendando quem matou um dos convidados de uma festa.

"O Rebu", de Bráulio Pedroso, foi um folhetim ousado para a década de 1970, retratando uma trama policial que se passa durante uma única noite. "É um marco na televisão brasileira e remontar isso é muito bom", declara Camila. Maria Angélica é suspeita de ser a assassina, assim como todos os outros personagens. "Temos uma novela nova, qualquer um pode ser o culpado", adianta a atriz.

O mistério só deve ser desvendado quando a trama também estiver prestes a acabar. O elenco foi avisado que somente em agosto ou setembro deverá voltar à mansão argentina para gravar a sequência final. Entre junho ejulho, todas as cenas serão rodadas no Rio de Janeiro.

Camila, que já fez minisséries e séries exibidas no fim de noite pela Globo, faz sua estreia em uma novela das 23 horas e diz não temer cenas de sexo. "O horário permite ser mais ousado em todos os aspectos. O texto pode forçar mais a barra. Pode-se aprofundar essa história de uma outra forma", diz a atriz, que aposta em um trabalho de arte, direção e interpretação irreverentes nesse projeto. "Para mim, é ótimo porque posso interpretar sem muitas travas."

Ela conta que não teve tempo de pesquisar vídeos da versão de 1974 e que tem pouco material sobre "O Rebu" disponível. Isso foi explicado no workshop que os atores fizeram, mas referência não é uma preocupação porque o autor George Moura está praticamente escrevendo outra novela. Um dos diferencias é que o papel que foide Ziembinski (1908-1978) será feito por Patrícia Pillar. Ela será a protagonista. Conrad Mahler, personagem de Ziembinski, foi transformado em Ângela Mahler.

Camila emendou as gravações da minissérie "Por Isso Eu Sou Vingativa", do Multishow, com as de "O Rebu". O trabalho no canal por assinatura foi tão corrido quando o de uma novela, com 12 horas de gravações diárias,seis dias por semana. A minissérie teve 15 capítulos, que acabaram de ir ao ar, e pode ter uma continuação.Camila torce muito para que isso aconteça. Ela gostou de fazer Sara Xerxes, a protagonista vingativa que setransforma de Sara "mondronga" (uma mulher sem vaidade) na mulher dos sonhos de seus ex-namorados.

"Eu vi esse projeto tomando forma. Fui me apropriando desse universo. O que mais gosto é que tem uma pegadade história em quadrinhos, como as personagens do Angeli (cartunista Arnaldo Angeli Filho), a Mara Tara e aRebordosa. A Sara é escrotinha, cínica e irônica. Já levou muita paulada da vida e não tem paciência", afirma a atriz.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK