Brasília-DF,
03/JUL/2020

Comandado por Rafael Cortez, novo programa promove encontros amorosos no palco

"Me leva contigo" é exibido as sextas-feiras e conseguiu boa repercussão na internet

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:18/05/2014 06:06
Rafael Cortez encara nova missão como apresentador de reality show (Rodrigo Schmidt/Divulgação)
Rafael Cortez encara nova missão como apresentador de reality show

“Um programa de encontros e conquistas”. Foi assim que Rafael Cortez definiu o Me leva contigo, em entrevista ao Correio. A versão brasileira de Take me out (sucesso em mais de 20 países) se mostrou um bom investimento da Record. Exibida às sextas-feiras, a partir das 22h15, a atração estreou na vice-liderança e conseguiu boa repercussão na internet, chegando ao hall dos assuntos mais comentados das redes sociais.

Apesar de ser importado, o programa lembra o Vai dar namoro, quadro do extinto Melhor do Brasil, da própria emissora. Rodeado de 30 mulheres à procura de um companheiro, Rafael Cortez tem a missão de convocar os candidatos para se apresentar às participantes. Elas ficam atrás de um púlpito, identificada por uma placa, e, se gostarem do rapaz , as meninas permanecem nos lugares. Caso contrário, elas devem apagar a luz e deixar o palco.

Segundo Rafael Cortez, a versão tupiniquim tem um tempero característico: o jeitinho nacional. “O diferencial de qualquer projeto que já exista fora do Brasil é o brasileiro, isso vale para o BBB, para o Me leva contigo e para A fazenda, temos um humor diferente”, assegurou. A capacidade de improvisar do apresentador também é uma das apostas da emissora — até o teleprompter (aparelho no qual os textos podem ser lidos) foi retirado. “Eu adorei, é um desafio legal e sou movido por eles”, contou Rafael, animado.

Duas perguntas Rafael Cortez

Como foi a transição de repórter a apresentador?

Agora como apresentador, as pessoas não têm resistência para falar comigo, como era na época do CQC. O repórter sempre tem que extrair alguma coisa dos entrevistados e nem sempre eles permitem.

Você se incomoda com as piadas sobre você?

Não, é até bom para mim. Sou humorista, todas as coisas me promovem e não posso levar a sério quando me zoam. Além disso, se a piada é boa, eu vou comprar e me zoar também.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK