Brasília-DF,
15/DEZ/2017

Malas perdidas e extraviadas são leiloadas em reality show

As roupas limpas e sujas de milhões de passageiros são colocadas à venda e levadas por quem der mais

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:29/06/2014 06:06
Nada de desperdício: no programa, as bagagens esquecidas são muito bem aproveitadas
 (TLC/Divulgação)
Nada de desperdício: no programa, as bagagens esquecidas são muito bem aproveitadas

O que fazer com malas esquecidas e extraviadas em aeroportos? Um leilão às escuras! Em A batalha da malas, pode-se concluir que, de fato, há gosto para tudo. Na atração exibida pelo TLC, às quartas-feiras, a partir das 20h40, roupas limpas e sujas de milhões de passageiros são colocadas à venda e levadas por quem der mais. Detalhe: a pessoa não sabe o que está arrematando.

O telespectador acompanha a rotina de quatro especialistas em leilões: Billy Leroy, Mark Meyer e o casal Lawrence e Sally Martin. Esses caçadores de tesouros disputam as ofertas lance a lance, blefe a blefe — são  caixas e bagagens com conteúdo desconhecido. Com dezenas de eventos para participar, milhares de malas para revirar e milhões de dólares em jogo, o grupo conta com a ajuda de velhas amigas: a experiência e a sorte.

Alguns itens do leilão ficam expostos. Outros, para dar certo ar de suspense ao programa, ficam em caixas e bolsas. Dentro delas, pode haver um tesouro escondido ou uma velharia sem valor nenhum. Os episódios terminam quando as pessoas abrem as malas e descobrem as coisas que compraram — e quanto vale cada uma delas. Uns saem felizes; outros, nem tanto.

A batalha das malas
TLC, às quartas-feiras, às 20h40
Tags: celular

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK