Brasília-DF,
19/SET/2017

'Linha de passe' retrata órfãos que sonham em se tornar jogadores profissionais

Longa ' Boleiros - era uma vez o futebol...' conta seis histórias de pessoas ligadas ao esporte, como jogadores, juízes, técnicos e torcedores

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Juliana Figueiredo Lucas Lavoyer - Especial para o Correio Publicação:06/07/2014 06:03Atualização:04/07/2014 10:50
Linha de passe ganhou prêmio no Festival de Cannes
 (Reprodução/Internet)
Linha de passe ganhou prêmio no Festival de Cannes
O nacional e premiado drama Linha de passe (2008) é alicerçado sobre o sonho de se tornar jogador profissional, que move personagens de uma família pobre de um subúrbio de São Paulo. Quatro irmãos órfãos de pai e dependentes da mãe, Cleusa (Sandra Corveloni), lutam por vidas diferentes.

O filho do meio, Dario, vê o talento no futebol como uma saída de um cotidiano desgastado e cinzento. Durante o longa, dirigido por Walter Salles e Daniela Thomas, a família precisa superar várias adversidades extracampo. Em 2008, Sandra venceu o prêmio de melhor atriz em Cannes pela produção.

O longa Boleiros - era uma vez o futebol... (1998) conta seis histórias de pessoas ligadas ao esporte, como jogadores, juízes, técnicos e torcedores. A trama se passa em um típico bar paulistano, onde fotos de jogadores estão espalhadas pelas paredes. Lá, o grupo costuma se encontrar para relembrar os velhos tempos.

Com direção e roteiro de Ugo Giorgetti e elenco formado por nomes como Cássio Gabus Mendes e Lima Duarte, o filme ganhou prêmios do Festival International du Film D’Amiens-France e da Associação Paulista de Críticos de Arte, além de uma continuação. Ora engraçados, ora comoventes, os relatos refletem a intensidade da paixão que os brasileiros têm pelo esporte.

Confira os canais nos quais são transmitidos os filmes citados nesta reportagem.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK