Brasília-DF,
20/SET/2017

Jornalista e ator Hugo Esteves estreia na novela Império

Na trama de Aguinaldo Silva, que estreia dia 21 na TV Globo, ele interpretará um ourives

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Diário de Pernambuco Publicação:14/07/2014 10:57
Aos 52 anos, Hugo passa a ocupar uma lista de apresentadores que transitam entre entretenimento e jornalismo (Reprodução/Facebook)
Aos 52 anos, Hugo passa a ocupar uma lista de apresentadores que transitam entre entretenimento e jornalismo

Jornalismo nunca foi a única atribuição de Hugo Esteves. Fora da bancada de telejornais, ele estrelava shows com o grupo Hugo Esteves e Banda, espetáculos de humor e peças de teatro. Em Império, próxima novela do pernambucano Aguinaldo Silva, (dia 21 na TV Globo), ele dará um grande passo na carreira com que sonha há 20 anos: a de ator.

Aos 52 anos, Hugo passa a ocupar uma lista de apresentadores que transitam entre entretenimento e jornalismo, a exemplo de Zeca Camargo (hoje no Videoshow) e Fátima Bernardes (Encontro com Fátima Bernardes). Hugo interpretará o ourives Patrício, no núcleo de Maria Clara (Andreia Horta).

Desde o carnaval, o paraense, radicado há trinta anos no Recife, seguiu para temporada no Rio de Janeiro, após participar do bloco Quanta Ladeira, quando deu declaração polêmica sobre futebol. “Não repercutiu na minha carreira. As pessoas não entenderam o contexto da coisa”.

Entrevista com Hugo Esteves

Como se sente longe do noticiário?


Sinto saudades, lógico. Passei 30 anos da vida dedicado ao jornalismo. Sou quase da cidade do Recife. Isso para mim é minha vida. Sou paraense, mas tenho saudades. Mas acho saudável essa troca. Fátima Bernardes está no Encontro. Sandra Annenberg (Jornal Hoje) começou como atriz e foi trabalhar em telejornal. É meu sonho. Sonho não se discute, se realiza. Minha vida sempre foi ligada à arte e ao jornalismo também.

Como surgiu o convite?

O convite foi feito por Aguinaldo. A gente já tinha conversado em 2013. Eu tinha feito um musical (Enlace - A loja de ourives). Falava de um ourives, que é meu personagem na novela. Em janeiro de 2013, fui contratado. Fiquei de licença do jornal e me dediquei ao teatro. Após o carnaval, me desliguei da Globo e vim pro Rio.

Como se preparou para Império?


Não sabia como um ourives trabalhava. Fiz um laboratório numa joalheria. Foi importante para saber como eles trabalham. Vou construindo o personagem durante a novela.

Você continua com projetos paralelos no Rio de Janeiro?


A dedicação tem que ser integral. Você tem que se entregar ao personagem. Há a leitura de textos, caracterização do personagem. Mas estou mais livre para fazer o que quero. Se der certo como ator, não volto mais para o jornalismo. Quero tentar viver de arte. Acho possível. A banda, eu saí, mas quero receber convites. Agora vou ter mais liberdade. Quando acabar a novela, pretendo fazer teatro. Eu gosto. Estou começando a ler alguns textos.

Como apresentador de telejornal, você já era assediado. Incomoda?

De maneira alguma. Adoro bater foto, ser cumprimentado… Quem não gosta disso não pode trabalhar em televisão. Vá para o anonimato…

A carreira

O paraense estreou como jornalista aos 20 anos, na TV Liberal, afiliada da TV Globo. Dois anos depois,  mudou-se para o Recife e começou a trabalhar no NETV.

Em 1992, o primeiro trabalho no teatro.  A montagem Ópera do malandro, dirigida por José Pimentel. Além de jornalista, ator e cantor, também  é comediante. Ele tem diversos vídeos  com piadas postados no YouTube.

Em 2013, contracenou com Claudia Ohana, Gisele Tigre, Suzana Saldanha e Camila Camargo no espetáculo Enlace - A loja de ourives, que foi apresentada no Recife e no Rio de Janeiro.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK