Brasília-DF,
28/MAR/2020

Para alavancar a audiência, reality shows apostam em programas cuja regra é ficar nu

Em Largados e pelados, os participantes tem que sobreviver nus 21 dias na selva. Em Dating naked, homens e mulheres buscam um relacionamento "livres de preconceitos e estereótipos muitas vezes reforçados por roupas"

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:31/08/2014 06:07
Participantes de Buying naked procuram um imóvel onde possam circular pelados
 (TLC/Divulgação)
Participantes de Buying naked procuram um imóvel onde possam circular pelados
Do jeito que vieram ao mundo, mais de 10 participantes formam o grupo do reality show americano Dating naked, exibido pelo canal VH1. Homens e mulheres têm como objetivo buscar um relacionamento, digamos, mais à vontade do que o usual.

A ideia defendida pelo reality é a interação entre casais livres de preconceitos e estereótipos muitas vezes reforçados por roupas. Com um cenário paradisíaco de um resort de luxo do Panamá, o programa conta com 10 episódios - cada um deles focado no encontro entre uma pessoa com dois pretendentes. No fim de cada episódio, o possível casal analisa como foi o encontro e decide se vai continuar na atração.

Outros programas seguem a mesma linha: em Buying naked, o cenário de Pasco Country, na Flórida, serve como set de filmagens da atração do TLC. A lógica é simples: casais em busca de imóveis na região procuram o espaço mais apropriado para viverem nus. Para isso, observam toda a redondeza para ficarem mais à vontade.

Em Largados e pelados, a nudez deve ser aliada ao extinto de sobrevivência. Os participantes recebem da produção um mapa, um facão e um isqueiro. O objetivo é sobreviver com apenas esses instrumentos durante 21 dias na selva. Detalhe: sem roupa. A aventura é transmitida às terças-feiras, às 23h20, no Discovery Channel.

Polêmica
Por mais paradoxal que pareça, neste mês, uma das participantes da atração, a modelo Jessie Nizewitz, processou o canal por mostrar "demais" a nudez dela. Normalmente, as partes íntimas dos participantes são borradas, mas, no caso, a equipe se esqueceu de aplicar o efeito na imagem dela na hora da edição. O advogado da modelo, Matthew Blit, entrou com uma ação judicial no valor de US$ 10 milhões, alegando constrangimento da cliente.

Dating naked
VH1, às quintas-feiras, às 21h.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK