Brasília-DF,
20/OUT/2017

Danilo Gentili ironiza propaganda eleitoral em Politicamente incorreto

Hoje, o humorista estreia a série Politicamente incorreto, inspirado no espetáculo homônimo, no canal FX, às 20h30

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Fernanda Guerra Diário de Pernambuco Publicação:15/09/2014 12:26Atualização:15/09/2014 12:29
 (FX/Divulgação)


Danilo Gentili demorou para ir à TV por assinatura. “Ela estava fechada… Então tive que arrombar”, justifica, em entrevista ao Viver. Desde que estreou no CQC em 2008 - antes havia feito participações na MTV -, Danilo se fortaleceu na TV aberta e em stand up comedy. Hoje, o humorista estreia a série Politicamente incorreto, inspirado no espetáculo homônimo, no canal FX, às 20h30. Escolheu estrategicamente a mesma hora da propaganda política obrigatória na TV aberta, a qual se refere como uma “desgraça”.

O comediante incorpora o deputado Atílio Pereira na série, desenvolvida por ele ao lado do diretor Fabrício Bittar. O parlamentar é popular, mas sem saber o porquê. Ele se esconde na fama de “político mais honesto” do país. As “visitas” ao Congresso quando era repórter do CQC, na Band, ajudaram na composição do personagem e na evolução da trama.

“A melhor coisa que o CQC trouxe para série foi uma cena que construímos no episódio quatro. Mas não vou contar, senão será spoiler”, frisa. Além da série, com oito episódios, Gentili apresenta o talk show The noite, no SBT, que já superou algumas vezes o Programa do Jô (TV Globo) na audiência dos notívagos.

Com a série Politicamente incorreto, percebeu mais liberdade cômica por se tratar de produto de canal por assinatura?
Mesmo estando na TV aberta, a imagem que cunhei a meu respeito e o caminho que trilhei foi de liberdade. Tanto no meu programa na TV aberta hoje quanto neste, posso dizer que a liberdade é total. Mas a melhor coisa da TV paga é não ter a droga do horário político. Aquilo é uma desgraça. Ninguém quer aquilo e continua tendo. As pessoas deveriam invadir o TSE e só parar de quebrar as coisas lá dentro quando parar de ter horário político gratuito.

Por que política é um tema tão recorrente no seu trabalho humorístico?
Porque como tenho profundo desprezo por toda classe política brasileira, acredito que eu consiga ridicularizá-la com mais prazer.

Você acha que o humor tem que ter função social?
"Função social" é jargão dos que seguem uma cartilha política, interessados que a arte propague determinada agenda política e ideologia, a do politicamente correto, de um marxismo cultural. Não traz benefícios para a sociedade. É um grande pé no saco. Se o artista não cede, torna-se "desimportante" e ainda corre risco de ser demonizado. A função social do humor é fazer rir, o resto é propaganda política.

Como apresentador de talk show, você possui a mesma opinião sobre a TV brasileira? Continua achando a TV provinciana?
É sim. E trabalho para que pessoas de outros canais vejam como pode ser legal essa troca. E fico feliz que tenho obtido sucesso nisso. Recebo pessoas de outros canais constantemente no meu programa e a experiência sempre abre mais e mais portas pra todo mundo.

Sobre formato e roteiro, como a série se aproxima das comédias norte-americanas?
Acho que em quase nada. Tentamos apenas seguir o que nos parecia bem ritmado, engraçado ou adequado, sem se preocupar se parecia americano, inglês ou brasileiro.

Costuma assistir à TV estrangeira, como os programas de David Letterman e Jimmy Fallon?
Não assisto. Imagina que você trabalha fritando batata no McDonald’s. Quando chega em casa, quer comer qualquer coisa, menos batata.

É difícil ser original?
Se você cresce num ambiente que tenta coletivizar tudo e fazer você ser apenas parte de uma massa, pode parecer difícil. Mas para mim não é. Nunca foi, pois sempre acreditei nos valores individuais de cada um. Não, ninguém é igual a ninguém. Então basta ser você mesmo. Seja simplesmente você e estará sendo original.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK