Brasília-DF,
18/OUT/2017

The Big Bang theory retorna em nova temporada centrada em Sheldon

O seriado volta às telas amanhã, a partir das 20h, no canal Warner Channel

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Alexandre de Paula - Especial para o Correio Publicação:28/09/2014 06:00Atualização:29/09/2014 11:01

Aventuras de Sheldon são o destaque da nova fase do seriado (CBS/Reprodução)
Aventuras de Sheldon são o destaque da nova fase do seriado
Depois de atrasos no início das gravações, que aumentou a expectativa dos fãs, a 8ª temporada de The Big Bang theory estreia, amanhã, no canal Warner Channel, às 20h. Os admiradores brasileiros dos nerds assistirão a dois episódios inéditos seguidos, The locomotion interruption e The junior professor solution.

A sétima temporada do seriado acabou com um mistério. Depois do noivado de Leonard (Johnny Galecki) e Penny (Kaley Cuoco), o físico brilhante e antissocial Sheldon (Jim Parsons) não se adaptou à mudança e deixou, em uma viagem de trem (uma de suas obsessões), a companhia dos amigos para se mudar de Pasadena.

Com problemas para realizar tarefas práticas e sérias dificuldades de relacionamento, a pergunta que fica é: como Sheldon conseguirá se virar sem a presença e os cuidados dos amigos? As dúvidas sobre o paradeiro são a largada da oitava temporada.

Nem tudo é sobre Sheldon

Além do sumiço de Sheldon, outras novidades prometem agitar a sequência da comédia. Agora noiva de Leonard, Penny (Kaley Cuoco) aparecerá com um novo visual. As mudanças, no entanto, parecem não ficar apenas no corte de cabelo - bem mais curto que o de outras temporadas.


As informações divulgadas pela produção revelam que a jovem abandonará o sonho de ser atriz e conseguirá um novo emprego. A mudança é surpreendente porque, desde o início da série, a sexy vizinha enfrenta as dificuldades para conseguir um emprego na dramaturgia.

A reviravolta de Penny movimentará a sitcom, pois o personagem Leonard não ficará satisfeito com a independência financeira da noiva. De acordo com o criador Chuck Lorre, a ex-aspirante a atriz começará a ganhar dinheiro, o que afetará o equilíbrio do casal.

Grande audiência
Na temporada 2013-2014 da televisão americana (que se encerrou em maio deste ano), The Big Bang theory foi a série mais vista pelos estadunidenses, com quase 20 milhões de espectadores. O episódio final da sétima temporada bateu o recorde entre todos os fins de temporadas exibidos em 2014. Foram mais de 16 milhões de pessoas ligadas na tela da CBS (canal que exibe a série nos Estados Unidos).

Sempre ele
Protagonista da série, Jim Parsons é figurinha certa em todos os Emmys desde que a sitcom estreou em 2007. De lá para cá, o interpréte de Sheldon levou para a casa quatro das seis estatuetas que disputou.

Os fãs Leandro Agra e Leila Ribeiro acreditam que a sequência será boa (Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press)
Os fãs Leandro Agra e Leila Ribeiro acreditam que a sequência será boa


Ansiedade e expectativa
Fã da série desde que a primeira temporada estreou, a professora universitária e doutoranda em ciência da informação Leila Ribeiro, 34, quis levar os personagens para dentro de casa. Para isso, batizou um dos cachorros com o nome de Sheldon.

O que Leila não esperava é que o cão fosse herdar as características do personagem da sitcom. Antissocial e arredio, o animal, segundo a dona, não se adaptou aos outros quatro cães que habitam a casa da professora. "Não conseguiu se enturmar e olha que os outros eram irmãozinhos dele", conta.

Leila recorda que se reconheceu nos personagens quando descobriu a série. "Finalmente os não populares se destacaram e a ciência não é vista como coisa de gente doida", explica.

O biólogo Leandro Agra, 30, descobriu a série quando ela estava na segunda temporada e desde lá não perdeu nenhum episódio. Assim como Leila, Leandro também se vê, de certa maneira, nos personagens nerds. "Como cientista, ela traz um pouco do meu universo e consegue produzir um tipo de humor inteligente e bem construído", opina.

Para o biólogo, a expectativa da nova temporada está nas mudanças de Sheldon. "Afinal, ele está mostrando não ser o robô alienígena que todos pensavam", conta entre risos.

Alguns fãs da sitcom consideram que ela foi perdendo fôlego com o passar das temporadas, mas, mesmo assim, a maioria deles não abandonou a série. É o caso do analista de marketing Glauco Heitor, 20. "No começo a receita era nova, tinha muito o que trabalhar, hoje já fica mais dificil de criar piadas inéditas", pondera.

Apesar disso, ele acredita que a nova temporada será boa: "Espero que ela consiga voltar ao que era nas primeiras temporadas, mas sou fã e continuarei a assistir e me divertir de qualquer jeito".

Salário milionário
Apesar da excelente audiência, as filmagens da oitava temporada atrasaram. Isso porque os atores da série que interpretam Sheldon, Leonard e Penny (Jim Parsons, Johnny Galecki e Kaley Cuoco, respectivamente) pediram aumento dos salários.

Depois da intensa negociação, os astros venceram e praticamente triplicaram os rendimentos. Cada um deles receberá cerca de US$ 1 milhão por episódio. Nas temporadas anteriores, o salário dos três era de US$ 350 mil.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK