Brasília-DF,
17/DEZ/2017

Gregório Duvivier critica o programa Vai que cola: "só tem piada velha"

Vídeo que alfineta atração do Multishow é também uma brincadeira sobre o próprio grupo do comediante, que estreia programa no canal pago Fox

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Estado de Minas Publicação:13/10/2014 12:23

Em tom provocativo, Gregório Duvivier convoca os fãs pela internet a boicotar um humorístico: "Não assistam esse programa, por favor, só tem piada velha, reciclada, que vocês já viram em todos os lugares". A brincadeira em vídeo alfineta os colegas comediantes do elenco de Vai que cola, sucesso na programação do canal pago Multishow.

"Tem uma bichona principal que tenta convencer a gente que é hétero", aponta o fundador do Porta dos fundos, no que parece, a princípio, uma referência direta a Paulo Gustavo. Gregório já escreveu sobre o ator de Minha mãe é uma peça em sua coluna publicada em um jornal paulista, repreendendo-o por suas declarações contrárias às paradas LGBT.

Contudo, à medida em que se desenrola o vídeo promocional do Porta dos fundos na Fox, fica claro que o humorista faz piada com as semelhanças na descrição de seu grupo, próximo do time de Vai que cola em diversos aspectos. "Tem uma baixinha que acha que canta, nariguda", ironiza Duvivier, em referência ambígua à própria esposa, Clarice Falcão, e a Samantha Schmutz, do Multishow.

O esquema fica ainda mais claro quando o artista diz que "tem o Marquinho Majella, fazendo o mesmo papel de sempre" — Marcus Majella estrela tanto a atração de Paulo Gustavo quanto o programa que o Porta lança pela emissora concorrente na nesta terça-feira (14/10). "Tem todo um elenco que tentou fazer Globo e não rolou. Então, gente, não assistam Vai que cola. Assistam Porta dos fundos", convida Gregório.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK