Brasília-DF,
18/OUT/2017

Séries investigativas fazem sucesso com o público

Elas com mistérios e crimes. Tentar desvendá-los é uma diversão à parte

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:15/05/2016 06:35Atualização:16/05/2016 12:03
Raymond Reddington, o criminoso mais procurado do mund, se aliou ao FBI para entregar diversos ex-parceiros (Sony Brasil/Divulgação)
Raymond Reddington, o criminoso mais procurado do mund, se aliou ao FBI para entregar diversos ex-parceiros

Os mistérios sempre despertam interesse. As pessoas querem saber o que há por trás dos truques de mágica e quais os temperos da comida. Não é à toa que séries investigativas e policiais chamam tanto a atenção. Além de tentar encontrar o culpado, o telespectador sempre procura entender como tudo aconteceu e que razões levaram os criminosos àquilo. 
 
Todo mundo tem uma lista negra, mas Raymond Reddington (James Spades), ou Red, como é conhecido, é o dono da mais valiosa, The blacklist. Com nomes de diversas pessoas com as quais já trabalhou, o criminoso mais procurado do mundo se alia ao FBI para entregar os antigos parceiros de crime. Mas Red tem uma pequena condição: ele só fará o serviço se trabalhar com a agente Elizabeth Keen (Megan Boone), novata com a qual ele parece não ter relações.
 
A dupla que enfrentou diversos perigos e foi responsável pela prisão de muitos criminosos volta às telinhas brasileiras com a terceira temporada da série. Com o diretor assistente do FBI Harold Cooper (Diego Klattenhoff) sob investigação, o agente especial Donald Ressler (Harry Lennix) está na liderança da força-tarefa. Eles estão foragidos e têm nova lista secreta.
 
Juntos, Liz e Red formam uma dupla poderosa e perigosa que une os recursos do criminoso aos conhecimentos e habilidades da agente na luta para estar sempre um passo à frente de seus ex-colegas. Entre os desafios enfrentados por Elizabeth, o relacionamento incerto com Tom e a crença de que Raymond tem todas as respostas farão com que ela encare uma imprevisível jornada de autoconhecimento. 
  
A equipe de Jack Garret ajuda estrangeiros com problemas fora dos EUA em 'Criminal minds: Beyond borders' (AXN/Divulgação)
A equipe de Jack Garret ajuda estrangeiros com problemas fora dos EUA em 'Criminal minds: Beyond borders'

Perfis de criminosos
Quem também não perde uma aventura é a equipe da Unidade de Análise Comportamental do FBI. Conhecida como BAU, a subdivisão traça perfis de criminosos com base em cenas de crimes para ajudar a polícia a capturar os culpados. Essa é a base de Criminal minds, que encerrou a 11ª temporada nos Estados Unidos e já tem continuação confirmada.
 
A série ganhou o spin-off Criminal minds: Beyond borders, que estreou no começo do mês no Brasil. Com uma equipe comandada pelo veterano Jack Garrett (Gary Sinise), a Divisão Internacional do FBI vai ajudar americanos em apuros no exterior.
 
Com uma equipe formada pela antropóloga Clara Seger (Alana De La Garza), o ex-militar Matthew Simmons (Daniel Henney), o especialista em tecnologia Russ “Monty” Montgomery (Tyler James Williams) e a perita criminal Mae Jarvis (Annie Funke), Jack vai visitar os destinos mais conhecidos do mundo para salvar os conterrâneos.

Acontecimentos estranhos
Em um ritmo de investigação mais calmo e assustador, Damien estreia no fim do mês no canal A&E. Com muito suspense e ação, a série acompanha a vida adulta de Damien Thorn (Bradley James). Atormentado pelo passado e por estranhos acontecimentos, ele vai encarar o destino de ser o anticristo, o homem mais temido pelos humanos.
 
Mas os fenômenos que acontecem com Damien chamam a atenção do detetive James Shay. O policial veterano investiga os estranhos acontecimentos que rodeiam o homem que acabou de voltar para Nova York após uma missão como fotógrafo correspondente de guerra na Síria.

Os mistérios sempre despertam interesse. As pessoas querem saber o que há por trás dos truques de mágica, quais os temperos da comida. Não é à toa que séries investigativas chamam tanto a atenção. Além de tentar encontrar o culpado, o telespectador sempre procura entender como tudo aconteceu e que razões levaram  os criminosos àquilo.
 
Para relembrar
Como nem só de novidades vive o bom apreciador de séries, vale a pena lembrar as tramas que marcaram o gênero de investigações e deixaram saudade em quem acompanhou. Afinal, vendo séries do tipo é que muitos quiseram ser peritos e investigadores profissionais. Sem contar, claro, quem aprendeu algumas técnicas e virou um bom stalker.
 
Uma das séries mais conhecidas sobre investigação, CSI ficou no ar por 15 anos. O seriado mostra um grupo de investigadores judiciais de Las Vegas que são responsáveis por analisar cenas de crimes. Eles precisam encontrar as pistas deixadas por descuido e aquelas que alguém tentou esconder, como fios de cabelos, impressões digitais, pegadas e manchas de sangue. A menor evidência pode mostrar que um crime aparentemente comum é, na realidade, um cruel assassinato.
 
 
 
Não se pode falar em investigações sem citar a excentricidade de Sherlock Holmes. Sempre na companhia do dr. Watson, Holmes analisa comportamentos e características para desvendar mistérios e crimes na série Sherlock. Holmes conquista o público pela forma excepcional de trabalhar, mas também pelo perfil diferenciado. Um homem reservado, de poucos afetos e palavras, ele não é o tipo que demonstra sentimentos, mas nutre um grande carinho pelo companheiro de aventuras. Só não gosta mais de Watson do que de um bom caso.

Sem solução
A primeira série de crimes reais do Discovery Channel, Killing fields: crimes em evidência mostra a saga do detetive aposentado Rodie Sanchez na tentativa de solucionar o assassinato de Eugenie Boisfontaine, que ocorreu em 1997. Sem solução por quase 20 anos, existe uma suspeita de que o crime faça parte de uma série de homicídios na qual 60 mulheres foram vítimas de crimes similares.
 
Quem ajuda Sanchez na missão é o detetive Aubrey St. Angelo. Agora, eles têm os desafios de encontrar a verdade em pântanos e rios de uma região remota de Louisiana e de não quebrar a promessa que Sanchez fez para a mãe de Eugenie, de achar os responsáveis pelo crime. A primeira temporada da série estreou no início do mês.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK