Brasília-DF,
15/DEZ/2017

Relembre a história de desenhos que eram exibidos na TV Tupi e na Band

Os cavaleiros da Arábia trazia cinco homens e um burrinho no combate a um tirano sultão

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:10/07/2016 07:00Atualização:08/07/2016 14:19

No fim da década de 1960, amigos lutavam contra a tirania (Reprodução/Internet)
No fim da década de 1960, amigos lutavam contra a tirania

 

Um tirano sultão usurpa o trono de Bagdá e começa a dominar todos os territórios próximos, tirando príncipes e princesas de seus tronos e aterrorizando a população. Quem poderia detê-lo? Os cavaleiros da Arábia!

Criado em 1968 pelos estúdios Hanna-Barbera, o desenho contava a história de um grupo de amigos que luta contra a tirania do sultão Bakhar, usurpador do trono de Bagdá.


O grupo de aventureiros era formado pelo ágil e esperto príncipe Turhan; Bez, que com a expressão “do tamanho de um…” se transformava em qualquer animal; Farik, o mago que, ao pronunciar suas palavras mágicas realizava qualquer coisa; princesa Nida, prima de Turhan e mestra dos disfarces; Raseem, o homem mais forte das Arábias; e o burrinho Zazum, que virava um furacão.

Exibido no Brasil pela TV Tupi e pela Bandeirantes, o desenho teve apenas uma temporada, sendo 18 episódios exibidos em 1968 e 1969.


O primeiro episódio, lançado em 7 de setembro de 1968, intitulado O encontro dos cavaleiros, mostra como os membros da trupe se conheceram. O sultão Bakhar toma a cidade e vai ao encontro do príncipe Turhan, que foge prometendo voltar para recuperar seu trono.


Na fuga o príncipe conhece os amigos. O primeiro a surgir é Farik, mestre da magia, desafiador do inacreditável e conhecedor do desconhecido, que ao pronunciar “Hossan Kobah” realizava a mágica que queria. Depois aparece Raseem, o forte, que oferece, além de sua força, o burro Zazum, que leva os três ao encontro da princesa Nida.
A princesa é encontrada refém dos guardas de Bakhar e usa seus disfarces para salvar todo grupo. Mas os amigos caem em uma emboscada e com a ajuda de Bez, que se transforma em um elefante, eles conseguem se livrar dos guardas.

Dotado de habilidades incomuns, juntando os seus poderes para formar uma força invencível e livrar a região do tirano Bakhar, o grupo de amigos faz um juramento de fidelidade e passa a ser conhecido como os novos heróis da região.

Você sabia?

Tema de sucesso
Os cavaleiros da Arábia foi o segundo desenho da Hanna-Barbera com a temática da Arábia antiga. O primeiro foi Shazzan, lançado em 1967, que fez bastante sucesso e incentivou os produtores a investirem no tema.

Novos vilões
O desenho é considerado bem diferente dos que eram produzidos na época, por ter um grupo heróis e superpoderes inusitados, que não enfrentavam governos e poderes espaciais, e sim vilões da Arábia.

Mudou!
No primeiro episódio, os bordões de cada personagem eram diferentes daqueles que se consolidaram na série, o que sugere que os bordões foram criados ao longo da temporada.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK