Brasília-DF,
21/OUT/2017

'The get down' mostra o surgimento do movimento hip-hop

A série da Netflix terá lendas do gênero na produção, presença de Jaden Smith e novatos no elenco

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Samir Mendes - Diversão & Arte Publicação:07/08/2016 07:05Atualização:05/08/2016 21:31
Primeiros dias do movimento hip-hop no bairro do Bronx é a temática de The get down, série criada e dirigida por Baz Luhrmann ( Netflix/Divulgação)
Primeiros dias do movimento hip-hop no bairro do Bronx é a temática de The get down, série criada e dirigida por Baz Luhrmann

A série da HBO Vinyl, produzida por Mick Jagger e Martin Scorcese, chegou a abordar o hip-hop, só que de maneira apenas tímida e superficial, já que o seu propósito era dar mais foco para o cenário rock n’ roll dos anos 1970. No entanto, para os fãs das batidas que também surgiram na mesma década e do gênero que viria a mudar toda a indústria da música, a série The get down, dirigida e criada por Baz Luhrmann, estreia na próxima sexta, no Netflix.
 
A nova atração do serviço de streaming foi feita sob medida para aqueles que curtem o hip-hop de Drake, Kendrick Lamar, 50 Cent e Tupac. Ela se passa no verão de 1977 em Nova York, quando os jovens dos subúrbios da grande metrópole começaram a usar a música e a moda como forma de expressão, no que depois seria reconhecido como os estágios iniciais do surgimento do movimento hip-hop.
 
Entre os produtores do programa, está o lendário rapper novaiorquino Nas, responsável pelo disco Illmatic, considerado uma das obras-primas do gênero; além de Grandmaster flash, outra lenda do estilo, a quem é atribuída a criação da técnica de scratch, que atua em The get down no papel de Mamoudou Athie.

Jovem enigmático

A série deve agradar aos fãs da música em geral e a quem, simplesmente, curte boas histórias. Baz Luhrmann é responsável pelo sucesso do filme Moulin rouge; Jaden Smith, filho de Will Smith e que já atuou em filmes como Karate kid, Depois da terra e À procura da felicidade, além de ter iniciado uma carreira na música, está no elenco interpretando Marcus “Dizzee” Kipling, um jovem grafiteiro enigmático e de talento psicodélico que foi criado em South Bronx. O outro nome conhecido do elenco é Giancarlo Esposito, famoso pelo papel do traficante Gus Fring na série Breaking bad. Em The get down, ele interpretará o pastor Ramon Cruz, atraente a milhares de seguidores por seus incendiários sermões e firme liderança.
 
Fiel à tradição das séries do Netflix de fornecer espaços a nomes menos conhecidos, um dos protagonistas da série é o personagem Ezekiel “Books” Figuero e Mylene Cruz, interpretados respectivamente por Justice Smith e Herizen Guardiola, um casal de estudantes do Ensino Médio que está prestes a descobrir o hip-hop, com ajuda de Grandmaster flash. A primeira temporada de The get down terá 12 episódios de uma hora cada.

Relembre outras séries que unem temáticas adolescentes e/ou musicais

Prazer tardio

A realidade da série Freaks and geeks, situada em uma escola de Ensino Médio majoritariamente branca e de classe média americana, está muito distante do cenário e época de The get down. No entanto, a temática adolescente de descobrimento da sexualidade, drogas e conflitos ofereceu à série criada por Judd Apatow o mesmo que a obra de Baz Luhmann promete. Hoje com status de cult, Freaks and geeks sobreviveu por apenas uma temporada em 2000.

Além das saudades, o programa é também lembrado por ter revelado talentos como James Franco, Seth Rogen, Jason Segal, Busy Philipps e Linda Cardellini ainda na adolescência. Mais tarde, todos esses nomes viriam a estrear séries e filmes de sucesso.

Tal pai, tal filho

Se Jaden Smith precisou de alguma inspiração e referência para interpretar seu personagem em The get down, ele deve ter buscado conselhos com alguém bastante próximo. Por seis temporadas, entre 1990 e 1996, o seu pai, Will Smith, interpretou um jovem que foi nascido e criado nos subúrbios da Philadelphia e se vê obrigado, após ter problemas, a morar em um bairro rico do condado de Bel-Air, na série Um maluco no pedaço.

Nesse cenário, ele tenta se manter fiel às origens e apresenta seu amor pelo hip-hop e alguns costumes da Philadelphia aos primos Carlton, Hillary e Ashley, enquanto tenta aprender certas lições dos tios Phil e Vivian. Embora a série criada por Andy e Susan Borowitz seja muito mais leve e bem-humorada do que The get down aparenta ser, ambos os programas compartilham o amor pela música e uma celebração às origens.

Serviço
The get down, primeira temporada disponível, via streaming, no Netflix, a partir de 12 de agosto.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK