Brasília-DF,
15/SET/2019

'Carol' retrata romance gay nos anos 1950

Carol mostra a luta de duas mulheres para se assumir como casal

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:09/09/2016 07:00Atualização:09/09/2016 10:47
Cate Blanchett interpreta a protagonista Carol, pela qual foi indicada ao Oscar (Mares Filmes/Divulgacao)
Cate Blanchett interpreta a protagonista Carol, pela qual foi indicada ao Oscar

Carol
é, acima de tudo, um filme sobre o universo gay num tempo que a sociedade não aceitava a homossexualidade, a década de 1950. Cate Blanchett interpreta Carol, mulher casada e com uma filha que acaba de pedir divórcio. Nesse momento ela conhece a jovem vendedora de loja e aspirante a fotógrafa, Therese (Roney Mara), que esta infeliz em seu relacionamento.

O filme de Todd Hayness traz o melhor da estética dos anos 1950, o charme da vida dos nova-iorquinos, os cenários deslumbrantes da Nova York antiga. O diretor, desde os anos de 1990, aposta no cinema queer, movimento que volta a atenção para questões de gênero e para o universo gay.

O roteiro foi inspirado no livro The price of salt, de Patricia Highsmith. Para publicar o romance em 1952, a escritora precisou usar um pseudônimo para fugir do preconceito. Apesar das situações que as personagens sofreram, o filme traz uma visão otimista sobre o romance das duas. A mensagem é: o amor está acima de qualquer preconceito.

O longa não conseguiu nenhum Oscar, mas garantiu cinco indicações — melhor trilha sonora, melhor figurino, melhor fotografia, melhor roteiro adaptado e melhor atriz (Cate Blanchett). Além de oito indicações no Oscar britânico, o Bafta, e seis indicações ao Spirit Awards, no qual ganhou o prêmio de melhor fotografia.

Inspiração

Therese, papel de Roney Mara, teve a fotógrafa Vivian Maier como inspiração. A fotógrafa era discreta e reclusa. Durante muito tempo, ela trabalhou como babá e fotógrafa nas horas extras, deixando um acervo inacreditável de fotos sem ninguém saber e revolucionando a perspectiva da fotografia urbana.

Serviço

Carol

Domingo, às 21h. Max Prime. Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK