Brasília-DF,
20/OUT/2017

Terceira temporada de 'How to get away with murder' estreia na quarta

A nova temporada mostra a protagonista, Annalise Keating fragilizada

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:09/10/2016 07:00Atualização:07/10/2016 18:59
Papel de Viola Davis, a advogada criminal terá que lidar com mais pressões na nova sequência (Mitch Haaseth/ABC)
Papel de Viola Davis, a advogada criminal terá que lidar com mais pressões na nova sequência
 
A série How to get away with murder estreou em 2014, conquistando público e crítica. Já não bastasse ser produzida por Shonda Rhimes (Grey’s anatomy e Scandal), o seriado é estrelado pela atriz Viola Davis, vencedora do Oscar de melhor atriz coadjuvante pelo filme A resposta e dona da estatueta de melhor atriz em série dramática por HTGAWM em 2015.
 
Depois de duas temporadas de sucesso, How to get away with murder chega à terceira temporada. A trama gira em torno da advogada criminal Annalise Keating, seu escritório de advocacia e os cinco estudantes auxiliares Wes Gibbins (Alfie Enoch), Connor Wash (Jack Falahee), Laurel Castillo (Karla Souza), Michaela Pratt (Aja Naomi King) e Asher Millstone (Matt McGorry). Todos estão ligados não apenas pelo trabalho, mas pelo envolvimento com misteriosas mortes.
 
Com algumas semanas de atraso em relação aos Estados Unidos, a produção estreia no Brasil a partir de quarta-feira, com exibição às 21h, no canal Sony. Dessa vez, Annalise Keating está com a imagem fragilizada após os acontecimentos da temporada anterior. Ela passa a ser acusada pelas pessoas pela morte do marido e chega a ser rebaixada na Universidade de Middleton, na Filadélfia, em que perde a sua principal cadeira no curso de direito.
 
Depois de anos ensinando defesa criminal, Annalise é afastada e ganha uma nova aula, um laboratório de direito penal, em que os alunos precisam trabalhar como defensores públicos. Além de ter que lidar com a mudança na universidade, Annalise e sua trupe precisam reviver os dramas do passado, como a morte de Wallace Mahoney’s, suposto pai de Wes, no fim da segunda temporada, e um novo mistério: um incêndio na casa de Annalise, que é apresentado no primeiro episódio da sequência, e que pode ter matado um dos principais personagens da trama.
 
Crítica // Motivo do sucesso
How to get away with murder chamou atenção desde o primeiro episódio da primeira temporada pela narrativa em que vai e volta nos acontecimentos. O fato de levar o espectador a acreditar em uma coisa e depois mostrar outra conclusão também desperta interesse de quem assiste, pois foge de clichês. Outro trunfo da série é apostar na diversidade ao ter uma protagonista negra e um casal homossexual, ambos de destaque. Como era de se esperar, a terceira temporada chega com mais mistérios e novos dramas, como o atrito entre o casal Conor e Oliver; o caso mal resolvido entre Wes e Laurel; e a fraca reputação de Annalise Keating. Minha única ressalva é sobre o excesso de mortes, sem punições. Tudo bem que o nome da série é como se safar de um assassinato, mas, digamos, que já está demais. (AI)
 
SERVIÇO
How to get away with murder
Estreia em 12 de outubro.  Exibição às quartas, às 21h, no Sony.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK