Brasília-DF,
17/DEZ/2017

Você se lembra? Primeira protagonista negra da tevê brasileira

Revolucionária na ficção e na realidade, a novela' Xica da Silva' traz Taís Araújo no papel de uma negra que não tinha medo de enfrentar a sociedade

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:13/11/2016 06:10Atualização:11/11/2016 16:24
Taís Araújo se destacou logo na estreia na tevê (Reprodução internet)
Taís Araújo se destacou logo na estreia na tevê
Faça uma lista dos maiores novelistas da atualidade. Você colocaria Adamo Rangel na relação? Provavelmente não. E se disserem que esse é o pseudônimo que Walcyr Carrasco usou para assinar Xica da Silva? A trama exibida pela extinta Manchete e reprisada pelo SBT completa 20 anos este ano. 

Para interpretar a escrava que virou condessa, a aposta de Walcyr e do diretor Walter Avancini foi numa estreante: a adolescente Taís Araújo. A escolha causou polêmica porque a personagem exigia cenas fortes da menina de apenas 17 anos. 

Além disso, Taís foi a primeira protagonista negra da tevê brasileira, feito depois repetido na Globo em outras produções como Da cor do pecado (2004), Viver a vida (2009) e, desde o ano passado, o seriado Mister Brau.

Xica da Silva se passa na Diamantina do século 18. Xica e a mãe, Maria (Zezé Motta), são escravas do Comendador Felisberto Caldeira Brant (Reynaldo Gonzaga), um dos homens mais importantes do Arraial do Tijuco. Com a derrocada de Caldeira Brant, Xica é vendida para o bordel de Sargento Mor Thomaz Cabral (Carlos Alberto), que a estupra numa cena que chamou atenção na época.

A vida de Xica muda quando Thomaz Cabral recebe a visita do Contratador João Fernandes de Oliveira (Victor Wagner) para fechar um negócio. Mesmo estando prometido a Violante (Drica de Moraes, muito bem no papel), filha do sargento-mor,  o contratador se apaixona pela escrava, a compra e a faz de amante. A rixa de Violante com Xica, que já existia, só aumenta quando a vilã percebe o interesse do noivo pela escrava.

Acostumado a ter todas as mulheres que sempre quis, João Fernandes se atiça ainda mais porque Xica se recusa a ter o caso com ele. Mas logo ela cede às promessas de alforria. O encanto entre Xica e João Fernandes cresce ao ponto de ele assumir a ex-escrava como esposa, terminando o noivado com Violante.

Mas a sociedade do Arroio do Tijuco não aceita Xica e ela jura que vai provar a todos que pode ser nobre. Para destruir o casamento de Xica, Violante arma um encontro entre João Fernandes e um escravo, falso amante de Xica. A estratégia dá certo, mas por pouco tempo. Em mais uma reviravolta, Xica dá a volta por cima e retoma o plano de vingança contra todos.

No auge da loucura, Xica envenena todos os rios do local para que as pessoas a implorem por água potável, ainda encontrada na propriedade dela. A trama segue com essa alternância — e com Violante cada capítulo mais doida —  até o fim.


Saiba mais
 
Nudez
Como Taís Araújo não podia ficar nua em cena por ser menor de idade, os momentos mais quentes da novela ficaram a cargo de Adriane Galisteu, intérprete de Clara. Isso até Taís completar 18 anos. No dia do aniversário dela, a atriz gravou sua primeira cena sensual, num banho de rio.

De novo?
A trama de Xica da Silva é tão interessante que Walcyr Carrasco propôs escrever um remake para a Globo. O projeto não vai para frente porque o SBT tem os direitos da primeira novela e há o temor de que ele a reprise caso o remake vingue.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK