Brasília-DF,
22/ABR/2019

O grupo Palavra Cantada volta a Brasília para celebrar 20 anos de carreira

Sandra Peres e Paulo Tatit continuam levando canções e brincadeiras para a criançada

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:14/10/2016 06:55
O grupo Palavra Cantada comemora 20 anos de existência (Arnaldo Torres/ Divulgação)
O grupo Palavra Cantada comemora 20 anos de existência
 
Comemorando duas décadas de carreira, a dupla Sandra Peres e Paulo Tatit vão subir aos palcos brasilienses mais uma vez para celebrar a trajetória do grupo Palavra Cantada.  Os dois vão relembrar clássicos que embalaram crianças e adultos nos últimos 20 anos para que todo mundo possa tentar descobrir o que é que tem na Sopa do neném, o gosto da Bolacha de água e sal.
 
Com roupas coloridas e um jogo de cena que envolve cantoria, instrumentos divertidos e interpretação, o grupo também canta as músicas que fizeram parte da infância dos pais e ainda estão presentes na vida das crianças. O grupo não deixa de contar as histórias d’A barata, do Alecrim e do Sapo jururu.
 
Então, se você não sabe se O carangueijo é peixe ou não, é hora de juntar a criançada para descobrir e celebrar com Sandra e Tatit os 20 anos dedicados aos pequenos.
 
Em A borboleta azul, crianças protestam contra a construção de um estacionamento (Arquivo Pessoal)
Em A borboleta azul, crianças protestam contra a construção de um estacionamento
 
Ópera para crianças

As minióperas do maestro Jorge Antunes são outra opção de diversão para os pequenos. Com as histórias O rei de uma nota só e A borboleta azul, que estrearam na capital em 1996, Antunes volta aos palcos da cidade em sete apresentações.
 
Na primeira história, é o momento de conhecer um rei muito mau, que só aprova leis ruins para seu povo. Até que um dia o monarca é enfeitiçado e passa a cantar em uma só nota. Nesse momento o príncipe se aproveita para mudar as leis e ajudar o povo.
 
Um pouco mais próxima da realidade das crianças, a história d’A borboleta azul se passa no quintal de uma escola. Mas o diretor quer destruí-lo para construir um estacionamento e as crianças resolvem protestar, pois lá mora a borboleta.
 
As minióperas, que já resultaram em um CD e um longa-metragem, duram 30 minutos cada uma e são apresentadas uma após a outra pelo grupo formado por um quarteto vocal, um mímico e um ator acompanhados de um conjunto de câmara.

SERVIÇO
Palavra Cantada - 20 anos
Teatro da Caixa (SBS Qd. 4, Lts. 3/4 - Asa Sul; 3206-6456). Hoje, às 19h, amanhã e domingo, às 16h. Entrada: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Funcionários e clientes Caixa e doadores de brinquedos também pagam meia-entrada. Classificação indicativa livre.

O rei de uma nota só e A borboleta azul
Teatro Paulo Autran (Sesc de Taguatinga). Hoje, às 16h; amanhã, às 14h e às 16h; e domingo, às 17h.  Entrada franca. Classificação livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES