Brasília-DF,
13/DEZ/2019

Raça Negra é a grande atração desta sexta-feira no Pavilhão Luz

A banda Di Propósito também se apresenta nesta sexta (29/11). Já no sábado, sobem ao palco o Dj Yuri Martins e WC no Beat

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinícius Veloso* Publicação:29/11/2019 06:02Atualização:28/11/2019 21:13
Luiz Carlos é o dono da romântica voz que colocará o público para sambar em Brasília (Objetiva/Divulgação)
Luiz Carlos é o dono da romântica voz que colocará o público para sambar em Brasília
 
O Pavilhão Luz, evento que está sendo realizado no Estádio Nacional Mané Garrincha, traz atrações de pagode e funk para se apresentarem na estrutura montada no porão do local. Nesta sexta-feira (29/11), a noite é dos sambistas e pagodeiros. O clássico Raça Negra sobe ao palco para cantar todos os sucessos. Músicas como Cigana, Cheia de manias e Estou mal estão no repertório do grupo que tem 36 anos de carreira, mas anima o público de todas as idades.

“O Raça Negra é uma banda de samba. Mas acredito que a música ultrapassa tantas gerações pelo fato de mantermos a nossa essência, o nosso estilo e a nossa verdade. Somos muito gratos por todos esses anos de carreira e, principalmente, pelo amor do nosso público. Ë preciso renovar, mas sem perder a sua essência musical, isso é muito importante. É muito bom ver desde idosos até as crianças cantando nossas canções”, conta o vocalista Luiz Carlos.

Outro grupo que se apresenta nesta sexta é o Di Propósito. Badalado em Brasília por conta dos shows de pagode, começa a conquistar um espaço no cenário nacional com as músicas Manda áudio e Princesinha. Os pagodeiros, que completaram 10 anos em atividade em 2019, estão preparando o lançamento do primeiro DVD da carreira.
 
No sábado (30/11), a noite é do batidão. O Dj Yuri Martins, responsável pela produção de grandes sucessos do funk como Vai malandra, Agora vai sentar, A gente brigou e Permanecer, se apresenta tocando todos os hits atuais. O artista começou a carreira no funk carioca e agora se destaca no meio paulista.

O produtor WC no Beat também desembarca na capital para animar o público. Famoso pelas faixas desenvolvidas no meio do trap e do funk, o artista consegue unir grandes nomes de diversos estilos musicais para gravar sucessos. Foi assim com os singles Meu mundo, Sensacional e Nossa que isso, que contam com batidas animadas e serão apresentados no Porão do Mané Garrincha.

Serviço

Pavilhão Luz
No Estádio Nacional Mané Garrincha (Eixo Monumental). Sexta-feira (29/11), às 22h. Shows com Raça Negra e Di Propósito. Ingressos a partir de R$ 71 (meia-entrada). Sábado (30/11), às 22h. Shows com WC no Beat e Yuri Martins. Ingressos a partir de R$ 61 (meia-entrada). Não recomendado para menores de 18 anos.
 
 
*Estagiário sob a supervisão de Igor Silveira 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES