Brasília-DF,
13/DEZ/2019

Exposição 'De Pigmentos e Pedras' traz a beleza do pigmento mineral

Fani Bracher apresenta produção recente feita com pigmentos naturais, além de plantas e pedras

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Roberta Pinheiro Publicação:29/11/2019 06:07Atualização:28/11/2019 20:34
'Você encontra beleza onde você quer encontrá-la, tudo depende do seu olhar', afirma a artista (Fani Bracher/Divulgação)
'Você encontra beleza onde você quer encontrá-la, tudo depende do seu olhar', afirma a artista

Em seu trabalho, a artista plástica mineira Fani Bracher testemunha o espaço que a rodeia. Ao traduzir seu olhar em pinturas, caixas, assemblages (colagens com objetos e materiais tridimensionais) e estandartes, o intuito de Fani não é denunciar estados da natureza ou a decomposição e o desgaste do meio ambiente. Pelo contrário, o critério e o exercício da mineira são a procura pela beleza. “Beleza para mim é fundamental, e você encontra beleza onde você quer encontrá-la, tudo depende do seu olhar. Não é a coisa em si. Então, acho nas coisas mais simples do mundo e precárias”, detalha.

Na capital federal, ela apresenta um significativo recorte da sua produção recente na exposição De Pigmentos e Pedras, em cartaz na Galeria de arte da Casa Thomas Jefferson. Depois de observar o universo da mineração, na região onde mora em Ouro Preto (MG), a artista se encantou com as possibilidades e a potência artística dos pigmentos naturais. “São fascinantes, são como um lápis. Você vê a riqueza que a gente tem em mãos e que a gente não sabe usar”, comenta. 

Por 10 anos, Fani observou a reação do material e também a interação dele com plantas e pedras. Dessa relação temporal, surgiram as obras em cartaz em Brasília. Apesar de suportes diferentes e intervenções distintas, os trabalhos se comunicam, justamente pelos materiais vindos da terra e pelas temáticas naturais, com traços orgânicos e relacionadas às paisagens de Minas Gerais. 

Com intensa vitalidade, os pigmentos também conduzem o público por uma viagem aos primórdios da História da Arte, ao período das pinturas rupestres. Da bidimensionalidade do traço e da pintura, algumas obras de Fani saltam do suporte com toques de textura e com o uso de outros materiais e elementos. É mais uma vez o olhar e o testemunho da artista plástica a respeito do espaço que a rodeia.  

Serviço

De Pigmentos e Pedras
Da artista plástica Fani Bracher. Na Galeria de arte da Casa Thomas Jefferson (SEPS 706/906). Visitação até 14 de dezembro. De segunda a sexta, das 8h às 20h; e sábados, das 8h às 12h. Livre para todos os públicos. Entrada gratuita.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES