Brasília-DF,
14/DEZ/2017

Nutricionista ensina técnicas e cuidados na hora de congelar alimentos

A escolha da embalagem e de onde a comida será armazenada também é crucial

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Renata Rios Publicação:13/10/2017 06:02
Gabriella Alves ressalta que o freezer é o local ideal para se congelar alimentos, e não o congelador (Minervino Junior/CB/D.A Press)
Gabriella Alves ressalta que o freezer é o local ideal para se congelar alimentos, e não o congelador

Em tempos de crise, cozinhar em casa resulta em uma redução significativa nos gastos com alimentação. Alguns cuidados, porém, devem ser tomados antes de congelar preparos que serão usados ao longo dos próximos meses, na preparação de polpas de frutas ou na montagem de saladas já prontas para serem consumidas. A nutricionista da clínica Corpometria, Gabriella Alves, ensina alguns cuidados e técnicas na hora de conservar alimentos.

A escolha da embalagem e de onde a comida será armazenada também é crucial. “O freezer é a melhor opção para congelar e aumenta a durabilidade dos alimentos. Enquanto o congelador atinge cerca de -6 ºC, o freezer atinge até -20 ºC”, informa. Ela ainda sugere que o congelamento seja feito em vasilhas de vidro, em especial quando o preparo necessitar de aquecimento.

A primeira coisa que se deve fazer quando se vai congelar um alimento é higienizá-lo bem, de acordo com a necessidade de cada insumo. Já para quem fica na dúvida se congela as receitas já cozidas ou os alimentos ainda crus, Gabriella explica: “O que será consumido cozido, deve ser preparado antes do congelamento. Eles devem esfriar naturalmente e atingir a temperatura ambiente para poder ser congelados”, afirma.

A nutricionista alerta que nem todos os alimentos têm bons resultados quando congelados: “O congelamento conserva os nutrientes, mas pode alterar a palatabilidade. Por exemplo, as folhagens perdem a textura e a batata fica com bastante diferente”, explica. Gabriella ainda ressalta que alimentos como iogurte e maionese também têm suas características alteradas pelo congelamento, assim como algumas frutas também, como melancia e pera. Já entre os ideais para congelar, ela lista vegetais, arroz, feijão e leguminosas, carnes e peixes. A nutricionista ainda dá a dica de apostar em receitas com molho, em especial para carnes e peixes, pois evita o ressecamento.

Dicas para congelar

Polpa de suco

Na hora de fazer a polpa é importante higienizar bem a fruta e prepará-la para ser batida, como retirar caroços grandes ou cascas indesejadas. Já no caso de frutas como o maracujá e a melancia não é necessário remover os caroços, apenas coá-los depois. No liquidificador coloque o mínimo possível de água, apenas o bastante para a fruta bater. Para armazenar, escolha entre forminhas de gelo (5 unidades para cada copo de água) ou os saquinhos próprios (1 saquinho para cada 2 copos de água). A polpa dura 3 meses congelada.

Salada
A primeira coisa que deve ser feita para se conservar folhas é secá-las bem. Elas devem ser guardadas sem umidade e uma alternativa é colocar papel toalha entre as folhas para absorver qualquer umidade restante. No caso de saladas no pote, Gabriella sugere quatro ingredientes. Após lavá-los e secá-los bem, em camadas coloque em um pote de vidro, preferencialmente. Deixe para temperar a salada na hora de comer.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES