Brasília-DF,
16/JUL/2019

Férias: Restaurantes com boa comida e espaço para a criançada curtir

Não faltam restaurantes com propostas voltadas para o público infantil pela cidade

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Renata Rios Geovana Melo* Melissa Duarte* Publicação:12/07/2019 06:01Atualização:11/07/2019 17:29
Restaurantes unem boa gastronomia com espaços divertidos para as crianças (Vinicius Cardoso/Esp. CB/D.A Press)
Restaurantes unem boa gastronomia com espaços divertidos para as crianças

 
Ah, as férias escolares... O que é motivo de alegria para os pequenos deixa muitos pais de cabelo em pé, sem saber como entreter a criançada. Para garantir diversão para adultos e crianças, que tal um programa diferenciado? Essa é a sugestão do Divirta-se Mais para esta semana.

Para quem tem crianças mais novas, espaços integrados a brinquedotecas são alternativas recorrentes. Alguns locais da capital montaram uma estrutura com brinquedoteca monitorada, café e um local onde os pais podem trabalhar. É o caso do PicNic Mãedoteca, que conta com monitores para atenderem os pequenos enquanto os pais se deliciam no café.

Com proposta similar, vale conhecer também o recém-inaugurado Amarelinha. A ideia é transportar o cliente para a varanda da casa da avó. No subsolo, os pequenos têm um espaço todo dedicado a eles, com escorregador, casinhas e até mesinhas, onde eles podem lanchar.

Já para os mais aventureiros, vale conhecer o imperdível Rancho Canabrava. No local, muito contato com a natureza, sem deixar de lado a boa gastronomia. Tirolesa, arvorismo, passeio a cavalo, minifazenda e um delicioso bufê servido no fogão a lenha arrancam sorrisos de pais e filhos.

*Estagiárias sob supervisão de Igor Silveira


Natureza e aventura


Os tempos modernos mudaram muito a forma que as crianças conhecem o mundo. Muitas se limitam às telas e vivenciam pouco a natureza. Pensando nisso, famílias procuram o Rancho Canabrava para se aventurar em atrações diversificadas e amplas.

No local, o primeiro destaque é a comida, feita no fogão a lenha, com um gostinho especial de comida caseira. O bufê à vontade custa R$ 51,90, para os adultos; crianças até 5 anos não pagam e, entre 5 e 10 anos, pagam a metade. “Aproveito para sempre colocar algumas receitas de que os pequenos gostam, como bife acebolado, picadinho e mini-hambúrguer”, pondera Anna Maria, que é proprietária do espaço ao lado da família.

Já para explorar, o que não faltam são aventuras. Jovens e adultos podem aproveitar a minifazenda, o passeio a cavalo ou de charrete, o arvorismo e a tirolesa. “Temos integrantes de famílias de todas as idades aqui. A tirolesa, por exemplo, é para um público mais velho, a partir dos 7 anos. A minifazenda é um sucesso com as crianças menores”, sugere. “Nasceu um bezerrinho de uma das nossas minivacas, a coisa mais fofa, as crianças ficam encantadas.”

Diversão sem limites
O Rancho Canabrava oferece, além das atividades citadas, cursos equestres durante os meses de julho e agosto. Já para quem vai aproveitar as outras atrações, vale conferir as pulseiras, que dão direito a atividades diversas.

Comida caseira e aventuras fazem parte do fim de semana no Rancho Canabrava (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Comida caseira e aventuras fazem parte do fim de semana no Rancho Canabrava


Paçoca com sabor de infância


A tradicional comida nordestina do restaurante Xique-xique conquista o coração dos brasilienses há quase 40 anos. A carne de sol (R$ 118) é o prato mais pedido da casa e acompanha arroz, feijão, mandioca e cheiro verde. O toque especial tem sabor de Nordeste e fica por conta da paçoca. “Tem clientes que são a terceira geração da família. Todo mundo vidrado na paçoca”, encanta-se Rai Lucena, gerente da unidade da Asa Norte. O prato serve até três pessoas.

A carne é batida do jeitinho que os nordestinos gostam. O preparo dura dois dias: primeiro, o coxão mole é maturado com sal e, no dia seguinte, armazenado numa câmara fria. No terceiro, é assado. “É uma comida típica nordestina, então, o nordestino sempre pede”, continua Lucena.

O queijo coalho (fatia a R$ 18) é outro queridinho que caiu no gosto dos clientes. Quem quiser juntar essa iguaria à carne de sol pode pedir a carne sertaneja (R$ 124), que vem com os mesmos acompanhamentos e também serve três pessoas. Se pais, mães e avós guardam, no restaurante, memórias de família e de infância, a garotada pode se divertir à beça na brinquedoteca. Disponível nas unidades da Asa Norte e da Asa Sul, o espaço é de graça, comporta até 10 crianças e tem cuidadora aos finais de semana.

Carne de sol completa é o carro chefe do Xique-Xique (Breno Fortes/CB/D.A Press)
Carne de sol completa é o carro chefe do Xique-Xique

Para brincar... E comer


Para os pais que desejam uma ótima refeição e, ao mesmo tempo, brincadeira para a turminha, o Miau que Mia é o local ideal. Com uma brinquedoteca que permite a diversão das crianças durante o preparo do prato e após a refeição, é perfeito para os pais que pretendem se divertir também. Outro destaque do restaurante é a decoração inspirada na França da década de 1920 e dos cabarés franceses. Daí a origem do nome, Miau que Mia.

A brinquedoteca do restaurante é uma atração à parte, com piscina de bolinhas, brinquedos, videogames e atividades para colorir. As crianças passam horas desfrutando tudo que o Miau que Mia oferece.

Para os que vão em família, a Parmê de Gato (R$ 129) é uma ótima opção. O prato é uma clássica parmegiana de filet mignon, ou seja, filet à milanesa, coberto por muçarela com molho de tomate fresco. Segundo Jeremias Cesar, proprietário do Miau que Mia, a iguaria serve três pessoas. Além disso, o restaurante serve as guarnições à vontade no almoço e, no jantar. Podem ser escolhidos até três acompanhamentos: arroz branco, nhoque caseiro ao sugo, arroz com brócolis, arroz parrilero, banana à milanesa, batatas fritas, batata recheada com bacon e queijo, farofa de ovos, mandioca cozida, pão com pasta de alho, pastel com catupiry, batatas rústicas, legumes ao vapor, batata chips, salada cabaret e salada alquimia.

Miau que Mia oferece brinquedoteca como cortesia (Vinicius Cardoso/Esp. CB/D.A Press)
Miau que Mia oferece brinquedoteca como cortesia

Pra lá de fantasioso


Hambúrguer é sempre um queridinho entre as pessoas de todas as idades. Pensando nisso, Lídia Nasser abriu uma hamburgueria para somar ao Complexo Gastronômico do Grupo Empório Árabe. Assim surge o Dólar Furado Burguer, um restaurante voltado para o mundo fantasioso e mágico das animações infantis. Engana-se quem acha que a casa faz a alegria só das crianças. “Foi criado para crianças, mas também para adultos que não deixaram morrer a criança que vive nelas”, revela Lídia.

Com decoração e temática lúdicas e divertidas, o ambiente é a primeira coisa que conquista os clientes. Depois de desfrutar todo o design da casa, o cliente tem mais uma surpresa: os hambúrgueres, que, em sua maioria, levam pães artesanais e coloridos. Como é o caso do Mario Bros (31,90), feito com pão brioche vermelho e verde (tingido com tomate e espinafre), 160 gramas de blend da casa de filé-mignon com bacon, cogumelos frescos, queijo prato e maionese de queijo fundido. Todos os meses, o Dólar Furado seleciona um hambúrguer para vir com um brinde, neste mês, o burger Mario Bros foi o contemplado.

O Princesa (R$ 24,90) também se destaca entre a criançada que sonha em viver em um castelo da Disney, e o Dólar as aproxima desse desejo. Acompanhado de uma coroa, o hambúrguer de pão brioche rosa (tingido com beterraba) polvilhado com pó dourado comestível, 160 gramas de blend da casa de filé-mignon com bacon, queijo, maionese tradicional, salada de ervas e brotinhos de rúcula com batata canoa também rouba a cena na casa.

Aos fins de semana, a casa recebe companhia. “Sexta e sábado, a gente traz personagens para as pessoas brincarem e tirarem fotos”, conta Lídia.

O Dólar Furado proporciona diversão para a garotada também no prato (Thiago Bueno/Divulgação)
O Dólar Furado proporciona diversão para a garotada também no prato

Afetivo e acolhedor


Quando o assunto é infância, a casa das avós é um local especial. Para quem quer se transportar para essa lembrança, o Amarelinha café parece sair da memória.

No subsolo, os pequenos contam com uma infraestrutura pensada na diversão, ideal para crianças de até 8 anos (R$ 120, o day care, com lanche; R$ 25, a primeira hora, e depois R$ 1, o minuto). “Procuramos atividades lúdicas, que despertam a curiosidade e a criatividade. Trabalhamos um espaço sem televisão, por exemplo, para que eles aproveitem ao máximo a experiência”, explica Gisele Domiciano, sócia do espaço ao lado de Luciana Cardoso.

Para comer, a ideia foi buscar preparos simples e gostosos, como é o caso do cuscuz e das tapiocas — uma queridinha dos pequenos. “Também trabalhamos com preparos de três parceiros, o Bentô kids, o Empório das Papinhas e o Lá em casa”, informa Gisele, que logo sugere que os adultos experimentem a salada indiana (R$ 15) — cubos de peito de frango, cranberry, damasco, castanha de caju, aipo e creme à base de iogurte, curry e outras especiarias. Para os pequenos, os pães artesanais da Bentô fazem sucesso com recheios variados, como frango e legumes (R$ 8).

Gisele Domiciano aposta na qualidade na alimentação e no tempo de quem vai ao Amarelinha  (Vinicius Cardoso/Esp. CB/D.A Press)
Gisele Domiciano aposta na qualidade na alimentação e no tempo de quem vai ao Amarelinha

Diversão sem fim


Ao entrar no espaço do PicNic Mãedoteca, a alegria e agitação dos pequenos estão no ar. Tudo gira em torno da estrutura destinada às crianças, com andares, labirintos, fantasias, jogos e monitores. Ao lado, o Café no Pergolado abriga mães aliviadas pela alegria dos filhos. “Quando virei mãe, senti muita falta de um espaço em que eu pudesse sentar, beber alguma coisa e ver meu filho brincar”, relembra Melissa Galvão, que abriu o local ao lado da irmã, Fernanda Galvão.

Melissa revela que a ideia foi dar um espaço pensado para as mães e os filhos: “Temos uma sala que funciona como cowork e espaço para festas infantis. Muitas mães vêm ficar trabalhando enquanto o filho brinca”. O espaço conta com alternativa para deixar a criança durante a tarde, das 14h às 18h, por R$ 85, ou por hora, R$ 37, a primeira hora, e R$ 19, a partir da segunda hora.

Entre as alternativas para comer, doces pegam no ponto fraco de adultos e crianças. Para quem quer um agrado, a dica é o cupcake, que ainda pode ser pedido na promoção dupla perfeita: um café e uma sobremesa por R$ 13,75. Para os pequenos, que vão passar a tarde, o pacote inclui lanche com um carboidrato, uma fruta e um suco. Melissa ainda sugere a tapioca, que é sucesso entre as mãozinhas (a partir de R$ 6,60).

A única coisa que para a brincadeira dos pequenos é a hora do lanche (Vinicius Cardoso/Esp. CB/D.A Press)
A única coisa que para a brincadeira dos pequenos é a hora do lanche

Burgers no tabuleiro


Aberto há seis anos, o Carcassonne Pub é um daqueles estabelecimentos que se destacam na cidade. O local une duas paixões, comida e jogos de tabuleiros. “Aqui, todo mundo vira criança e joga. É muito divertido, tanto para os adultos quanto para a criançada”, explica Salimar Morais, proprietária da casa ao lado de Fábio Almeida.

No espaço, a decoração chama a atenção: cortinas vermelhas e um ar medieval atraem os clientes a imergirem no mundo dos jogos e da cultura nerd. Para reforçar a proposta, os nomes dos petiscos e pratos também são temáticos, como é o caso do hambúrguer Milemium Falcon (R$ 32). Trata-se de um hambúrguer com blend de fraldinha servido com queijo muçarela, bacon, alface, tomate e maionese. Para os vegetarianos, os hambúrgueres também são uma opção. Melhor dizendo três: Spot it, feito com grão de bico, Sabotheur, com abóbora no lugar da carne, e o mais recente, o Agrícola, feito com lentilha.

Para beber, vale experimentar a cerveja amanteigada vinda direto de Harry Potter. A bebida é um sucesso entre pais e filhos e é feita com ou sem álcool (R$ 12, sem álcool; ou R$ 17, com álcool). “Essa bebida é um sucesso entre adultos e crianças. Muita gente pede por curiosidade”, conta.

Os jogos de tabuleiro atendem os pequenos a partir de 5 anos (Carcassonne Pub/Divulgação)
Os jogos de tabuleiro atendem os pequenos a partir de 5 anos

Vamos jogar?


O videogame faz a alegria da garotada. Nestas férias, são ótimas opções de entretenimento. Nas mesas do Five Sport Bar, há jogos para todas as idades. “O diferencial são as mesas com Playstation 4, que são uma novidade aqui”, destaca o dono, Thiago Leão Velame. Mas, se a criança quiser gastar energia, o estabelecimento tem parceria com a brinquedoteca ao lado, na qual os clientes do estabelecimento ganham desconto.

Papais e mamães que querem se divertir em família e assistir a jogos já sabem qual lugar escolher. “Somos um bar esportivo com videogames para as crianças”, declara o gerente Jairo Freire. Aberto recentemente em Águas Claras, o local tem cardápio variado com origens na cozinha baiana. O gerente conta que um dos pratos que mais saem é o Gruyere Steak Five (R$ 134,90). “A gente leva a peça de queijo gruyere até a mesa do cliente e é servido lá, raspando em cima da carne”, diz Freire. Os 400g de filé de costela — prime rib, uma das partes mais valorizadas do contrafilé bovino — com queijo levam dois acompanhamentos. 

Para a criançada, não falta variedade. Tem a clássica batata frita (a partir de R$24,90) e também o médio hambúrguer (R$ 16), que vem com refrigerante ou suco. 

O queijo escolhido para a receita é o gruyère  (Five Sport Bar/Divulgação)
O queijo escolhido para a receita é o gruyère

Tribo bem radical 


O skate é uma paixão de diversos jovens. O esporte, recém-considerado olímpico, já tem um espaço voltado para ele na capital: o Layback. No local, uma pista de skate e diversos estabelecimentos fazem a alegria de jovens e adultos como o Preto roxo, uma casa que oferece açaí para o público.

“Pensamos em um ponto de encontro de cultura, esporte e gastronomia. A ideia é que os estabelecimentos sejam condizentes com o espaço em que estão. A proposta no Preto roxo é um açaí mais puro, sem xarope, por exemplo”, explica Lucas Barros, administrador financeiro. Para quem vai ao local, Lucas explica que o açaí é oferecido em dois tamanhos, de 300ml ou de 500ml, e pode ser com banana e morango (R$ 15, com 300ml, ou R$ 20, com 500ml) ou puro (R$ 16, com 300ml) ou R$ 22, com 500ml).

Ainda no espaço, vale conhecer o Layback Tap and Cheese, que trabalha com hambúrgueres, entre outras opções. O blend da carne é feito com fraldinha e costela e, entre as alternativas, estão o Carne e queijo (R$ 33), com ciabata, hambúrguer, queijo e salada. “A salada dos sanduíches varia  para garantir a qualidade do preparo”, conta.

O açaí casa bem com a proposta do espaço (Gui Teixeira/Divulgação)
O açaí casa bem com a proposta do espaço

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES