Brasília-DF,
18/DEZ/2017

Assassinato no expresso do oriente traz celebridades, incluindo Penélope Cruz e Willem Dafoe

O longa é uma adaptação de livro da escritora Agatha Christie

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:01/12/2017 07:00Atualização:30/11/2017 16:09
O filme promete ser um dos destaques da estação no cinema
 (Fox Film/Divulgacao)
O filme promete ser um dos destaques da estação no cinema
 
 
Há algo de Relatos selvagens (2014), pelos vários suspeitos de crime espremidos num único local, na nova versão para os cinemas de Assassinato no expresso do oriente, um clássico da literatura de Agatha Christie. Havia mais de 40 anos, a trama policial rendera longa-metragem premiado com Oscar para a atriz Ingrid Bergman.
 
 
 
Na atual versão, ganha o espectador, pelo zelo apresentado pelo ator e diretor Kenneth Branagh, na condução de trama passada nos anos de 1930 e ainda pelo roteiro envolvente de Michael Green, que, neste ano, brilhou em fitas como Logan, Alien: Convenant e Blade Runner 2049.
 
Há sagacidade em cena, especialmente de Branagh, um ator shakespeariano que reconstrói o mito do detetive belga Hercule Poiret. Necessidades, motivações, posturas radicais de personagem se fundem, na trama em que o controverso personagem de Johnny Depp é assassinado.
 
Na rota do trem de longa distância, vagões descarrilam por acidente; mas o filme se mantém nos trilhos, contando com elenco estelar que inclui Daisy Ridley (Star Wars: O despertar da força), Judi Dench, Penélope Cruz, Willem Dafoe e Josh Gad (A Bela e a Fera). Suspeitos não faltam no filme em que um tipo é abatido com uma dúzia de perfurações espalhadas pelo corpo. Um eterno clássico, com tratamento de clássico.
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES