Brasília-DF,
18/AGO/2018

'Oito mulheres e um segredo' traz timaço para fazer o maior roubo da história

Filme traz quadrilha feminina tentando roubar uma joia estimada em US$ 150 mi. Elenco estelar é destaque

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:08/06/2018 06:00Atualização:07/06/2018 13:23

Plano de roubo a joia foi minunciosamente pensado por grupo de ladras (Warner Bros./Divulgação)
Plano de roubo a joia foi minunciosamente pensado por grupo de ladras

 

Quando, em 2002, Steven Soderbergh lançou o remake de Onze homens e um segredo, reuniu um elenco estelar, com direito a Brad Pitt, George Clooney, Andy Garcia e Matt Damon. A estratégia se repete 16 anos depois, com a chegada de Oito mulheres e um segredo. O longa tem direção de Gary Ross (SeabiscuitAlma de herói e A vida em preto e branco) e reúne as atrizes Sandra Bullock, Cate Blanchett, Anne Hathaway, Rihanna,  Mindy Kaling, Sarah Paulson e Helena Bonham Carter. Timaço!

 

Na trama, Danny (George Clooney), o comandante de tudo na trilogia dos rapazes, morre em circunstâncias não explicadas, e deixa a irmã mais nova, Debbie (Sandra Bullock) à frente dos crimes do bando. Debbie acabou de sair da prisão e tem em mente um crime pra lá de ambicioso: o assalto do século no Met Gala, evento organizado anualmente pela revista Vogue que reúne celebridades e ricaços dos EUA.

 

A anti-heroína escala Lou (Cate Blanchett), Nine Ball (Rihanna), Amita (Mindy Kaling), Constance (Awkwafina), Rose (Helena Bonham Carter) e Tammy (Sarah Paulson) para ajudar no roubo de um colar Cartier avaliado em US$ 150 milhões. A joia está sendo usada pela atriz Daphne Kluger (Anne Hathaway).

 

 

O plano é pensado nos mínimos detalhes durante os cinco anos, 8 meses e 12 dias que Debbie passa atrás das grades, e o diretor Gary Ross abre mão das tradicionais explosões, perseguições e pancadarias para fazer de Oito mulheres e um segredo uma espécie de filme de aventura glamouroso. Elas são praticamente as panteras às avessas.

 

"Já existiram versões masculinas, mas nunca houve este tipo de elenco de mulheres, que arrebentam", disse Gary Ross à imprensa internacional.

 

"O que importa, em particular para as jovens mulheres, é ver personagens femininos que não são arquétipos, rasos, e sim bem diferentes, complexos, com nuances", disse Olivia Milch, uma das roteiristas do filme, ao lado do próprio Ross.

 

Confira as sessões para o filme aqui

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES