Brasília-DF,
17/DEZ/2018

Documentário traz como os homens enxergam o papel das mulheres na sociedade

'Câmara de espelhos' é da pernambucana Dea Ferraz

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:07/12/2018 06:02Atualização:06/12/2018 11:21

'Câmara de espelhos' mostra como olhar masculino enxerga o papel das mulheres na sociedade (Reprodução/Internet)
'Câmara de espelhos' mostra como olhar masculino enxerga o papel das mulheres na sociedade

 

"O corpo é meu", diz o discurso coletivo de mulheres em marcha. Do outro lado da rua, um grupo de homens explicita a receptividade com um sintético "belos peitos". No confronto de postos extremados, a posição da mulher, frente ao olhar masculino, traz ânimo ao documentário Câmara de espelhos, da pernambucana Dea Ferraz.

 

Confira as sessões

 

Submissão, vulnerabilidade, julgamentos e preconceitos se alastram, delineando um quadro em que alguns anônimos — envolvidos na dinâmica do filme — recorrem à desculpa das limitações pessoais na "evolução" para abraçar o senso comum supostamente disseminado "pela sociedade". Vulgarização do sexo, maternidade e propriedade sobre o corpo são alguns assuntos abordados.

 

Nem tudo que se gosta de ouvir imprime num filme repleto de provocações.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES