Brasília-DF,
23/AGO/2017

Filme sobre maternidade dirigido por brasiliense chega aos cinemas nesta sexta

O documentário do diretor Eduardo Chauvet trata da obstetrícia no Brasil

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:09/08/2013 06:04Atualização:08/08/2013 15:39

'Não é apenas sobre parto. Tratamos da indústria obstetrícia brasileira, de fisiologia e do que há de mais moderno em medicina baseada em evidências', diz o diretor sobre O renascimento do arto (Espaço Filmes/Divulgação)
"Não é apenas sobre parto. Tratamos da indústria obstetrícia brasileira, de fisiologia e do que há de mais moderno em medicina baseada em evidências", diz o diretor sobre O renascimento do arto

“Existe muita denúncia, bem como clareza na apresentação de problemas e soluções”, observa o diretor brasiliense Eduardo Chauvet, ao explicar propostas do documentário O renascimento do parto. Com embrião absolutamente independente, ao longo de dois anos, o filme foi viabilizado por corrente monetária, via internet: mais de R$ 300 mil foram arrecadados.

“Não é apenas sobre parto. Tratamos da indústria obstetrícia brasileira, de fisiologia e do que há de mais moderno em medicina baseada em evidências. Serve ainda para quem se revolta com o sistema, que firma uma violência institucional, oculta, com cesárias e outros procedimentos invasivos e desnecessários”, aponta o realizador.

O documentário do diretor Eduardo Chauvet trata da obstetrícia no Brasil (Marcos Henrique/Divulgação)
O documentário do diretor Eduardo Chauvet trata da obstetrícia no Brasil
“Todos nós parimos ou, ao menos, fomos paridos”, observa Chauvet. Formado na Filadélfia (Estados Unidos), ele sublinha o antecipado interesse pesado dos mais variados segmentos sociais do Brasil, a partir de projeções prévias (com sessões esgotadas) em São Paulo e no Rio de Janeiro. Além de ganhar as telas do circuito nacional, O renascimento do parto será mostrado no 6º Los Angeles Brazilian Film Festival e, de modo itinerante, estará integrado ao Doc Brazil Festival China.

Graduado em rádio, tevê e cinema, há 15 anos, Chauvet foi “absorvido” pela televisão, à frente de um programa cultural. Depois de um processo de experimentação com o vídeo Carpe circus (2001), o diretor retoma, em paralelo à carreira de apresentador de tevê (“coisa que nunca busquei nem tive a pretensão de ser”, diz), o sonho da investida em audiovisual, numa escala “mais abrangente”.

Confira o trailer de O renascimento do parto

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES