Brasília-DF,
18/DEZ/2017

A aventura de Kon-Tiki emociona ao mostrar história da habitação na Polinésia

A ficção concorreu ao prêmio da Academia na categoria melhor filme estrangeiro

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Yale Gontijo Publicação:09/08/2013 06:05Atualização:08/08/2013 15:44

O filme recria viagem de 101 dias a bordo de uma jangada (H20 Filmes/Divulgação)
O filme recria viagem de 101 dias a bordo de uma jangada

Para provar a teoria de que a Polinésia foi habitada por povos incas e não por asiáticos como se pensava, o pesquisador norueguês Thor Heyerdahl comprou briga com meio mundo de membros da comunidade científica. Em 1947, embarcou em prova prática, passando 101 dias a bordo de uma jangada, uma réplica perfeita de uma embarcação indígena, saindo do Peru e atravessando o Oceano Pacífico. Na mesma medida, a película de recriação da expedição firma-se nas fórmulas testadas em inúmeros filmes de aventura ao longo dos anos.

Heyerdahl (intepretado por Pal Sverrre Hagen) filmou a ação de seus companheiros no barco e transformou o registro na película Kon-Tiki, vencedora do Oscar de melhor documentário em 1950. A ficção A aventura de Kon-Tiki, dirigida por Joaquim Ronning e Espen Sandberg, concorreu ao prêmio da Academia na categoria melhor filme estrangeiro, mas não levou.

Assista o trailer de A aventura de Kon-Tiki

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
edilson souza 11 de Agosto às 00:44

É um ABSURDO que a metade de uma cidade (Asa Norte, principalmente) seja invadida madrugada a dentro pelos ruídos e parafernália de som de um evento como o ocorrido no autódromo, de 10 p/ 11/08. A "cidade das leis" não respeita a lei do silêncio e nem seus moradores.

[Denunciar]

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES