Brasília-DF,
20/AGO/2017

História real de roubo a celebridades é tema de filme Bling Ring

A trama do filme, que tem como principal estrela Emma Watson, é praticamente um mergulho na motivação desses jovens abonados em roubar personalidades como Orlando Bloom e Audrina Patridge

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Luiz Prisco Publicação:16/08/2013 06:01Atualização:16/08/2013 09:22
Cena do filme Bling Ring %u2014 A Gangue de Hollywood: consequências do culto exacerbado aos mitos da mídia (Pathé/Divulgação)
Cena do filme Bling Ring %u2014 A Gangue de Hollywood: consequências do culto exacerbado aos mitos da mídia
Celebridades, cada vez mais, ocupam um espaço muito grande na mídia e também no imaginário das pessoas. Nomes como Lindsay Lohan, Paris Hilton e Miranda Kerr aparecem diariamente em premiações, desfiles festas e boates. Toda essa superexposição tem consequências inesperadas na sociedade, uma delas é o culto exarcebado dessas personalidades. Esse é o pano de fundo do novo filme de Sofia Coppola, Bling ring — A gangue de Hollywood.

Inspirado em uma história real — o roteiro foi adaptado da reportagem escrita por Nancy Jo Sales —, o longa conta a história de cinco jovens que, movidos por uma busca de sucesso, começam a invadir e roubar as mansões das celebridades de Hollywood. O mais supreendente é que não são adolescentes pobres. Pelo contrário, os ladrões de Bling ring são ricos moradores do subúrbio de Los Angeles (EUA).

A trama do filme, que tem como principal estrela Emma Watson (heroína da saga Harry Potter), é praticamente um mergulho na motivação desses jovens abonados em roubar personalidades como Orlando Bloom e Audrina Patridge. Dessa forma, Sofia Coppola discute o vazio da juventude, a falta de valores morais, o consumismo e o culto à fama — temas que, de certa forma, sempre estiveram presentes em sua filmografia (Um lugar qualquer, Encontros e desencontros e Maria Antonieta).

Com uma montagem benfeita que mistura linguagens de documentário — como quando Marc faz confidências à jornalista —, de cinema de ficção e cenas captadas da internet (sobretudo do TMZ — maior site de fofoca dos EUA), a diretora consegue captar a atenção do espectador em 1h30 de projeção. Sem ser explícito, Bling ring permite ao público tirar suas próprias conclusões sobre as intenções e o caráter dos personagens.

Em livro
Sofia Coppola tomou como base o livro, com mesmo nome, da jornalista Nancy Jo Sales. A repórter escreveu o artigo, para a revista Vanity fair, baseada em depoimentos de Nick Prugo um dos membros da gangue que delatou os comparsas.

Veja o trailer de Bling Ring - A gangue de Hollywood

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES