Brasília-DF,
18/DEZ/2017

Sequência de Gente grande, com estreia nesta sexta, não deve animar

Roteirista, Sandler desfila um humor anacrônico, feito à moda antiga e sem boas piadas

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Yale Gontijo Publicação:16/08/2013 06:03Atualização:15/08/2013 17:32
Chris Rock e Adam Sandler em Gente grande: envelhecimento dos amigos de infância  (Columbia Tristar/Divulgação)
Chris Rock e Adam Sandler em Gente grande: envelhecimento dos amigos de infância
O conflito existencial da comédia Gente grande 2, continuação dirigida novamente por Dennis Dugan e roteirizada por Adam Sandler, é o envelhecimento de amigos de infância. Roteirista, Sandler desfila um humor anacrônico, feito à moda antiga e sem boas piadas. Todo filme, não importa o gênero, ensina uma moral. Boa ou ruim, não é exatamente importante tratando-se de uma ficção.

Saiba mais...
Mas quando um pai pronto para dar uma surra no valentão do colégio analisa sua atitude, não é questão de desejar uma postura politicamente correta da fita. É que uma situação tão imatura inserida no clímax da fita não deixa qualquer chance de apego ao personagem de Sandler ou a seus companheiros. Todos são tão imaturos que nos levam a pensar a razão de mulheres bonitas, inteligentes e independentes desejarem o aumento da prole com seus respectivos cônjuges.

No caso, nos referimos à mexicana estonteante, Salma Hayek, no papel da esposa de Sandler. Porém, isso também se aplica a Maria Bello, dividindo os lençóis com o grandalhão Kevin James (Eric Lamonsoff), mestre na técnica de arrotar, espirrar e soltar puns ao mesmo tempo.

Confira o trailer do filme Gente Grande 2

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES