Brasília-DF,
22/JUN/2017

Filme que abriu o Festival de Brasília no ano passado chega aos cinemas

O longa A última estação traz Elisa Lucinda e Mounir Maasri

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:27/09/2013 06:01

Elisa Lucinda e Mounir Maasri atuam em drama sobre imigração libanesa no Brasil
 (Márcio Curi/Divulgação)
Elisa Lucinda e Mounir Maasri atuam em drama sobre imigração libanesa no Brasil

Homônimo ao filme que concorreu a prêmios Oscars, há três anos, A última estação, do brasiliense Márcio Curi, marcou a primeira e promissora coprodução cinematográfica entre Brasil e Líbano. Curi, conhecido pela produção de Louco por cinema e de Filhas do vento, contou com o roteiro de Di Moretti (de Tropicália) e com atores locais, como João Antônio, Chico Sant’Anna, Sérgio Fidalgo e Adriano Siri.



Em 2012, o filme, que acabou com jejum (na direção) de mais de 20 anos por parte de Curi, abriu o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. Mais de 50 anos recobrem os personagens do drama em torno de imigrantes libaneses. Já idoso, em 2001, o muçulmano Tarik fica viúvo e parte, com a filha Samia, em busca de companheiros árabes de uma antiga viagem.

Saiba mais...
Num flashback, Tarik e o irmão mais novo, Karim, saem do Líbano rumo ao Brasil. O protagonista é interpretado por Mounir Maasri, enquanto os poetas Elisa Lucinda e Edgard Navarro dão vida a tipos próximos de Tarik.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES