Brasília-DF,
20/JUL/2017

Ben Affleck e Justin Timberlake não convencem na estreia Aposta máxima

O longa-metragem tem roteiro previsível e direção instável sobre o mundo corrupto das apostas on-line

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Diego Ponce de Leon Publicação:04/10/2013 06:00Atualização:04/10/2013 08:29

Timberlake e Affleck são os protagonistas de Aposta máxima: atuação abaixo da média
 (Fox Films/Divulgação)
Timberlake e Affleck são os protagonistas de Aposta máxima: atuação abaixo da média

Poucos artistas conseguem transitar bem entre o cinema e a música pop. Os casos desastrosos são inúmeros: Rihanna (Battleship — a batalha dos mares), Mariah Carey (Glitter, Zohan — o agente bom de corte), entre outros. Justin Timberlake, porém, não entra na longa lista. Desde que participou de filmes como Alpha dog e o blockbuster Rede social, o cantor mostrou que a empreitada cênica não é mero oportunismo.


Saiba mais...
Aposta máxima, no entanto, não faz jus ao elogio. Pelo contrário: a fita dirigida por Brad Furman traz um Justin prolixo, com trejeitos e atitudes de personagens passados. Em um longa de ação sobre uma rede mafiosa de apostas on-line, ele sustenta o vigor físico necessário, como esperado. Entretanto, não constrói um personagem capaz de estabelecer uma relação afetiva com o público — nem sequer o feminino, já que as tomadas não o favorecem. O colega de cena Ben Affleck perde ótima oportunidade de se destacar, frente ao fraco desempenho de Justin.

Resta ao enredo segurar a atenção do espectador. Razoavelmente elaborado, embora previsível, o roteiro provoca instantes de tensão e ansiedade, e nada mais. A direção, inclusive, falha nos momentos que mais se faz necessária, como nas sequências de perseguição ou de carga explosiva.



Sendo um filme despretensioso, com a simples intenção de entreter (pelo menos assim parece), Aposta máxima pode agradar aqueles entusiasmados pelo gênero, ou quem se interesse por jogos e pelo mundo dos cassinos, sempre convidativos. No mais, melhor Justin continuar apostando na música — e Ben Affleck, na direção.

Duas perguntas // Justin Timberlake

O cantor americano esteve no Rio de Janeiro para uma coletiva, no Copacabana Palace, sobre o lançamento do longa. Além de responder às perguntas, participou de uma sessão de fotos e acenou para as dezenas de fãs que o aguardavam na porta do hotel. O Correio participou do encontro.

Como foi o convívio com Ben Affleck e Leonardo DiCaprio (produtor)?


Gosto muito de poder trabalhar com pessoas desse nível. Desde que fiz A rede social, com David Fincher, só coisas boas vieram para mim. Sinto-me com muita sorte nesse aspecto. Faço aquilo que me seduz naturalmente, que me interessa logo de cara.

Pessoalmente, você costuma participar de jogosde aposta?


Só quando vou a Las Vegas com meus amigos. Sentamos em uma mesa de 21 e não paramos mais. Quando olho no relógio, levo um susto. Imagino: “Podia ter feito um álbum inteiro no tempo em que fiquei aqui”.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES