Brasília-DF,
21/AGO/2017

Armas da competição do mundo financeiro são tema do filme O capital

O longa-metragem tem direção do premiado cineasta Costa-Gravas

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:04/10/2013 06:01

No corajoso longa de Costa-Gavras, Marc (Gad Elmaleh) revela as podres manobras do setor financeiro (Paris Filmes/Divulgação)
No corajoso longa de Costa-Gavras, Marc (Gad Elmaleh) revela as podres manobras do setor financeiro

A vida privada de um banqueiro pode revelar boa parte das estratégias do capitalismo atual. Durante a venda de um grande banco europeu para um grupo norte-americano, Marc Tourneuil (Gad Elmaleh) apresenta as armas de competição no mundo financeiro no mesmo compasso em que seu caráter se deteriora. Dirigido pelo premiado cineasta grego naturalizado francês Costa-Gavras, esse título ideológico arma um arsenal dramático para sustentar a história de O capital, pequena estreia da semana.

Saiba mais...
O termo alude aos ideais de Karl Marx, em referência ao capitalismo selvagem, pronto para engolir pessoas e destruir vidas. O cineasta Konstantinos Costa-Gavras mantém o espírito contestador desde quando foi diretor do clássico Z (1969), título que lhe rendeu o Oscar de melhor direção em 1969. No mais recente e muito contundente Amém (2002), Gavras se debruçava sobre o papel da Igreja Católica durante o Holocausto de Adolf Hitler. Aos 80 anos, ele segue como um diretor que luta em defesa da liberdade, apontando sua metralhadora cinematográfica contra a religião, o capitalismo e as ditaduras.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES