Brasília-DF,
22/SET/2017

Mato sem cachorro consegue dosar situações inusitadas e senso de humor

O filme retrata o universo paralelo de dedicação exclusiva aos mascotes caninos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vanessa Aquino Publicação:04/10/2013 06:02

Casal interpretado por Leandra Leal e Bruno Gagliasso tem carisma (Imagem Filmes/Divulgação)
Casal interpretado por Leandra Leal e Bruno Gagliasso tem carisma

O maior mérito de Mato sem cachorro é o roteiro de André Pereira. A história consegue dosar situações inusitadas, senso de humor ácido e doses certas de sentimentalismo, sem cair na pieguice. As cenas fluem em ritmo acelerado, no tempo exato da comédia. Colabora a larga experiência como montador do diretor Pedro Amorim, que finalizou 14 trabalhos para cinema e cinco para tevê.

Saiba mais...
Pedro Amorim, nascido em Brasília, mostra competência ao dar liberdade aos atores, principalmente aos que têm pouca cancha, como Danilo Gentili. O casal principal, Deco (Bruno Gagliasso) e Zoé (Leandra Leal), é carismático. Mato sem cachorro retrata, de forma irônica, um universo paralelo de dedicação exclusiva aos mascotes caninos.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES