Brasília-DF,
22/AGO/2017

Dramaturgo Molière volta a ser homenageado nos cinemas em comédia

Serge Tanner, o personagem do filme, é incitado por um astro da tevê (Gauthier, interpretado por Lambert Wilson) a retomar o posto de sucesso

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:01/11/2013 06:05
Serge (Fabrice Luchini) e Gauthier (Lambert Wilson): em busca de motivação (Imagem Filmes/Divulgação)
Serge (Fabrice Luchini) e Gauthier (Lambert Wilson): em busca de motivação

Cinco anos depois de ter sido homenageado no cinema com As aventuras de Molière, o dramaturgo do século 17 volta às telas, indiretamente, com a comédia Pedalando com Molière, com direito a um nome de repeteco no elenco: Fabrice Luchini. Ele interpreta um ator desiludido com a profissão que opta por se isolar em uma ilha na qual investe muito tempo praticando ciclismo. Serge Tanner, o personagem do filme, é incitado por um astro da tevê (Gauthier, interpretado por Lambert Wilson) a retomar o posto de sucesso, a partir da encenação de Le misanthrope, peça de peso nas criações de Molière.


Escritor, roteirista, ator e também diretor, Phillipe Le Guay assina o novo longa-metragem, depois de bastante premiado com o filme As mulheres do sexto andar, estrelado por Carmen Maura. Ainda na trama, desponta um sentimento de rivalidade, acalentado pelos inflados egos dos atores, na fase dos ensaios, e pior: a divorciada italiana Francesa (Maya Sansa) promete acirrar ainda mais os ânimos, diante de iminente crise amorosa que tem gabarito para provocar. Nos bastidores, o produtor da futura peça também não dá trégua para os expansivos astros do palco e da vida real.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES