Brasília-DF,
21/OUT/2017

Novo longa de Woody Allen, Blue jasmine, narra dilemas do universo feminino

A veterana Cate Blanchett dá título ao filme na pele da mulher desfavorecida por largar o marido Hal (papel de Alec Baldwin)

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:15/11/2013 06:05

Jasmine (Cate Blanchett) e Hal (Alec Baldwin): comédia e drama unidos no melhor estilo de Woody Allen (Imagem Filmes/Divulgação)
Jasmine (Cate Blanchett) e Hal (Alec Baldwin): comédia e drama unidos no melhor estilo de Woody Allen

Passados quatro anos e três produções estrangeiras desde Tudo pode dar certo, o diretor Woody Allen retorna a Manhattan, berço de todas as problemáticas e inspirações, com a comédia (revestida de drama) Blue jasmine. Com o mesmo diretor de fotografia espanhol que o auxiliou na elaboração de Vicky Cristina Barcelona, Javier Aguirresarobe, Allen investe na vida de sofisticadas mulheres que contam com um punhado de pretendentes. Estrela das telas, ao lado de Sally Hawkins (Simplesmente feliz), a veterana Cate Blanchett dá título ao filme, na pele da mulher desfavorecida por largar o marido Hal (papel de Alec Baldwin).


Saída do circuito da alta roda nova-iorquina, Jasmine sê vê obrigada a seguir para San Francisco, que abriga a irmã Ginger (papel de Hawkins, colaboradora de Allen em O sonho de Cassandra). Depois da má convivência com o ex-cunhado Augie, o novo namorado de Ginger, Chili, não convence Jasmine, que, por sinal, está alheia dos próprios (e nítidos) problemas sociais e psicológicos. Antes de se aventurar na carreira de design de interiores, a protagonista tem uma passagem na recepção de um odontologista, com demasiado interesse na moça.

Saiba mais...
Razão para boa parte da pilha de remédios consumidos por Jasmine, Hal deu a terceira chance para Alec Baldwin integrar a trupe de uma fita de Allen. Dentre os outros atores, muitos saíram do fenômeno da stand-up comedy (da qual brotou o diretor). Na lista, figuram Andrew Dice Clay, Michael Stuhlbarg (reconhecido ainda pelo papel em Um homem sério) e Louis C.K. A exceção é o intérprete do diplomata Dwight, inscrito para uma relação mais séria com Jasmine, Peter Sarsgaard — um dos melhores atores de sua geração, bastante lembrado por produções como Kinsey — Vamos falar de sexo? e O preço de uma verdade.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES