Brasília-DF,
23/AGO/2017

Da novela para os cinemas, personagem Crô estreia nos cinemas

Personagem de Marcelo Serrado que fez sucesso em novela vai para as telonas com participações de estrelas da televisão

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Olívia Florência Publicação:29/11/2013 06:01Atualização:28/11/2013 13:44

Da tevê para o cinema: Crô (Marcelo Serrado) esbanja brilho no filme (Lisa Graham/Divulgação)
Da tevê para o cinema: Crô (Marcelo Serrado) esbanja brilho no filme

A safra de comédias escrachadas nunca esteve tão farta. O ano ainda não acabou e Minha mãe é uma peça, Meu passado me condena e Vai que dá certo já marcam presença na lista das maiores bilheterias de 2013. É nesse clima favorável que Crô, o festejado personagem de Marcelo Serrado na novela Fina estampa, ganha produção homônima pelas mãos do diretor Bruno Barreto. Feito em tempo recorde — um ano —, o longa é uma comédia recheada dos bordões e das caras e bocas que marcaram o mordomo. Crodoaldo Valério foi criado pelo dramaturgo Aguinaldo Silva em 2012. A ideia de fazer um filme dedicado exclusivamente ao mordomo puxa-saco foi do próprio Bruno Barreto. O diretor jantava com Marcelo Serrado e sugeriu que fizessem um filme exclusivo com o personagem.

Saiba mais...
A história de Crô se passa logo após o fim da novela. A perua a quem dedicou a vida — Teresa Cristina, de Fina estampa — morreu e deixou sua fortuna para o amigo e mordomo. Agora, rico, vive entediado ao lado do motorista Balthazar (Alexandre Nero), com quem flerta descaradamente, e Marilda (Kátia Moraes), sua empregada. Cansado da rotina de milionário, Crô decide procurar uma nova profissão e tenta de tudo: de cantor a cabeleireiro. Nada dá certo até que um sonho com a finada mãe, interpretada por Ivete Sangalo, sela o destino de Crô.

Crô não pretende ser apenas uma comédia com personagens carismáticos. Paralelamente à história central, o filme discute a exploração da mão de obra escrava boliviana no mercado da moda. O tema é muito sério e requer mais tempo e profundidade do que a solução romantizada de Crô. Tudo o que a produção perde aí, porém, ganha na atuação de Serrado.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES