Brasília-DF,
15/DEZ/2017

Animação narra história de jogador de pebolim que é desafiado a jogar futebol de verdade

Os companheiros de time serão os jogadores de totó que foram magicamente transformados em minipessoas

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:29/11/2013 06:04Atualização:28/11/2013 14:47

Amadeu, segurando o colega de time Capi: bonecos do pebolim viram jogadores de verdade 
 (Universal Pictures/Divulgação)
Amadeu, segurando o colega de time Capi: bonecos do pebolim viram jogadores de verdade

A animação da semana é argentina e tem como tema uma das grandes paixões dos hermanos: o futebol. A premissa é divertida: um excelente jogador de pebolim é desafiado a uma partida de futebol de verdade para salvar sua cidade. Os companheiros de time serão ninguém menos que os jogadores de totó que foram magicamente transformados em minipessoas. O filme ainda tem outra surpreendente carta na manga, a direção de Juan José Campanella. O diretor levou, em 2010, o Oscar de melhor filme estrangeiro por O segredo de seus olhos e também dirigiu o sucesso de crítica O filho da noiva (2001).

Entre os dois sucessos, ele acumulou muita experiência na televisão, dirigindo séries de grande audiência da tevê americana, como House e Law & Order. Um time show de bola tem música, especialmente composta para o filme, do grupo porto-riquenho Calle 13. A produção terá lançamento em mais de 50 países e demorou mais de seis anos para ser feita.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES