Brasília-DF,
18/DEZ/2017

Murilo Rosa impressiona pela capacidade vocal no filme Vazio coração

Tentando contornar "o apelo emocional barato" incorporado à carreira do cantor Hugo Kari, o intérprete Murilo Rosa consegue construir um bom trabalho

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:06/12/2013 06:03

Saiba mais...
Um “pesadelo interminável”, como aponta o pai e embaixador Mário Menezes (Othon Bastos), assombra a vida do astro sertanejo Hugo Kari (Murilo Rosa) na trama de estreia do diretor Alberto Araújo. O filho idealiza uma reconciliação com o pai, que o ignora há tempos. A indiferença pelo sucesso de Hugo tem daqueles motivos pesados que nutrem muitos melodramas.

Tentando contornar “o apelo emocional barato” incorporado à carreira do cantor Hugo Kari, o intérprete Murilo Rosa consegue construir um bom trabalho e convence pela capacidade vocal. Há bela carga emocional numa das cenas finais, que é marcante a ponto de lembrar a performance de Fábio Jr. com Pai. Mas parece pouco para justificar um filme tão extenso e com dinâmica bastante limitada.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES