Brasília-DF,
25/JUL/2017

Longa "A grande beleza" fala da elite italiana decadente; veja a crítica

O premiado ator Toni Servillo personifica o grande jornalista frustrado. A direção fica nas mãos de Paolo Sorrentino, que consegue vangloriar a vida boêmia

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:20/12/2013 06:10Atualização:19/12/2013 15:30
Cena de A grande beleza: longa italiano critica elite decadente do país (Europa Filmes/Divulgação)
Cena de A grande beleza: longa italiano critica elite decadente do país

Saiba mais...
A grande beleza é o filme italiano indicado ao prêmio Globo de Ouro 2014 de melhor filme estrangeiro. O longa conta a história do jornalista Jep Gambardella, que aproveitou o êxito do seu único trabalho para usufruir a vida na alta sociedade de Roma. Tudo vai bem até seu 65º aniversário, que coincide com uma notícia ruim.


O premiado ator Toni Servillo personifica o grande jornalista frustrado. A direção fica nas mãos de Paolo Sorrentino, que consegue vangloriar a vida boêmia contemporânea italiana com espaço para reflexão sobre questões existenciais e sobre a alienação da elite que não vê que tem seus dias contados.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES