Brasília-DF,
16/DEZ/2017

'Ela vai' repete a fórmula dos roadmovies femininos; confira a crítica

Em outro roadmovie feminino, gênero que facilmente nos leva a pensar em Thelma e Louise (1991), o desapontamento leva Betty a pegar a estrada

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:04/04/2014 06:02
Betty e o neto pegam a estrada depois que ela é abandonada pelo amante (Esfera Cultural/Divulgação)
Betty e o neto pegam a estrada depois que ela é abandonada pelo amante

A maturidade na carreira da atriz francesa Catherine Deneuve nos brinda com filmes que nos levam a refletir sobre o papel das mulheres na terceira idade. Foi assim em Potiche — Esposa troféu, lançado em 2010, quando a grande dama do cinema vivia uma viúva assumindo os negócios da família.

Saiba mais...
Em Ela vai, filme dirigido por Emmanuelle Barcot, Deneuve interpreta Betty, amante de um industrial. Quando ele resolve se separar da esposa, Betty se surpreende com a revelação de que o empresário assumiu o romance com uma jovem mulher. Em outro roadmovie feminino, gênero que facilmente nos leva a pensar em Thelma e Louise (1991), o desapontamento leva Betty a pegar a estrada acompanhada apenas do neto.

Assista ao trailer

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES