Brasília-DF,
26/JUL/2017

Roteiro de "Instinto Materno" explora o uso do poder para absolvição de crimes

O filme é protagonizado por Luminita Gheorghiu e Luminita Gheorghiu

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Luana Brasil - Especial para o Correio Publicação:11/04/2014 06:01Atualização:11/04/2014 10:42
 A superproteção de Cornelia é pano de fundo para discussão sobre a realidade romena (Imovision/Divulgação)
A superproteção de Cornelia é pano de fundo para discussão sobre a realidade romena
Saiba mais...

Vencedor do Urso de Ouro em Berlim em 2013, o longa Instinto materno, de Calin Peter Netzer, traz à tela a relação conturbada da superprotetora Cornelia (Luminita Gheorghiu) com seu filho (Bogdan Gheorghiu)) de 32 anos, acusado da morte de um adolescente pobre em um acidente de carro. A mulher busca evitar que ele seja indiciado por homicídio usando sua posição social e influência na alta sociedade romena.

A trama se desenvolve em duas camadas distintas. No tema menor, o filme aborda o amor incondicional e problemático de uma mãe pelo filho já adulto; no maior, Netzer examina a história recente da Romênia, pondo em discussão as relações sociais em um país que, há pouco mais de 20 anos, vive a experiência da democracia.
 
Assita ao trailer do filme:
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES