Brasília-DF,
24/NOV/2017

Jude Law empresta seu talento em 'A Recompensa', dirigida por Richard Shepard

Filme narra acerto de contas entre bandidos na agitação da batida das bandas Pixies e Motörhead

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:16/05/2014 06:04Atualização:15/05/2014 12:04
Jude Law empresta seu talento a uma produção menor, dirigida por Richard Shepard
 (Nick Wall/Divulgação)
Jude Law empresta seu talento a uma produção menor, dirigida por Richard Shepard

E na agitação da batida das bandas Pixies e Motörhead que vem embalado o cinema de Richard Shepard. Ele assume a condução de A recompensa, guinada no recente caminho do ator Jude Law. O astro britânico deixa de lado a escalada em filmes de amplo mercado - vide Sherlock Holmes, Anna Karenina e Terapia de risco - e se aplica numa fita menor, rodada em Londres e em fotogênicas paisagens da França.

Saiba mais...
Nada carismático e extremamente perturbado, a princípio, o protagonista Dom Hemingway vem de um sumiço involuntário de 12 anos, tempo em que esteve preso. No passado, no momento em que "a casa caiu", Hemingway não se rendeu ao papel de delator. O resultado da proteção do chefão, conhecido como Fontaine (Demian Bichir, de Uma vida melhor), ao contrário da segurança esperada, parece engordar o flerte com o perigo. Há cobranças a serem feitas, daí o título A recompensa.

Diretor do tenso A caçada e de alguns episódios do seriado Girls, Richard Shepard dá uma arejada neste atual longa, com direito a um clímax inesperado, passada a breve (mas, igualmente, decisiva) cena de um acidente de carro que dialoga com David Lynch. Além do convincente retrato de Jude Law, a fita é definida pela pendente relação do personagem dele com a filha, Evelyn (sumária presença de Emilia Clarke, de Game of thrones).

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES