Brasília-DF,
23/JUL/2017

Atrito entre policiais parceiros rende a maioria das piadas de Anjos da lei 2

A relação entre os policiais mal disfarçados continua a servir como base da narrativa sobre amadurecimento

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Yale Gontijo Publicação:05/09/2014 06:49Atualização:04/09/2014 15:14
Atrito entre policiais parceiros rende a maioria das piadas do longa (Adoro cinema/Reprodução)
Atrito entre policiais parceiros rende a maioria das piadas do longa


Pouca coisa mudou entre os anos que separam a primeira versão cinematográfica de Anjos da lei, lançada em 2012, e a continuação. A relação entre os policiais mal disfarçados Jonah Hill (oficial Schmidt) e Channing Tatum (oficial Jenko) continua a servir como base da narrativa sobre amadurecimento.

Saiba mais...
Um pouco mais velhos desde que estiveram no número 21 da Jump Street (o quartel general de uma operação secreta de combate ao tráfico de drogas), eles serão inseridos em um campus universitário na intenção de investigar o avanço do uso de uma nova droga entre os jovens. Ambos estão velhos demais para o disfarce, embora sejam imaturos.

É do atrito entre os parceiros que vêm boa parte das piadas do roteiro de Michael Bacall, Oren Uziel e Rodney Rothman. O trio investe em piadas machistas e étnicas. O terço final do filme, a incursão ao México durante o spring break (a semana do saco cheio dos norte-americanos), serve apenas para confirmar a impressão de que esta continuação segue uma fórmula clichê de outras comédias do gênero.

Assista ao trailer do filme:
 
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES