Brasília-DF,
26/MAI/2017

Prepare-se: dois longas-metragens de terror estreiam nesta semana

Confira uma lista que vai de "Canibais" a "Isolados", passando por "Mar negro" e "A invocação do mal"; entenda as faces do gênero na atualidade

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Julio Cavani Diário de Pernambuco Publicação:17/09/2014 12:03Atualização:06/10/2014 18:41
Eric Bana estrela Livrai-nos do mal, filme que aposta em possessões demoníacas (Sony/Divulgação)
Eric Bana estrela Livrai-nos do mal, filme que aposta em possessões demoníacas
Mais sustos no cinema. Estreia nesta quinta-feira (18) Livrai­-nos do mal, filme de terror que combina diversos elementos que hoje são recorrentes no gênero, mas se diferencia por não economizar nos recursos dramáticos associados a efeitos especiais. Trata­-se, afinal, de um projeto assinado por Jerry Buckheimer, responsável por algumas das maiores superproduções cinematográficas das últimas décadas (de Armaggedon a Piratas do Caribe).

É, basicamente, uma história de investigação policial que envolve a presença do demônio por trás dos crimes. A direção é de Scott Derrickson (O exorcismo de Emily Rose, A entidade e Hellraiser: Inferno)Ultimamente, o cinema de horror resgatou antigos truques aterrorizantes baseados em elementos simples de som, imagem e maquiagem, que trabalham o medo presente no subconsciente, na imaginação e nas expectativas do público. Muitas vezes, a plateia se assusta com o que não vê. Nesses casos, o ritmo e o domínio sobre o que mostrar tornam-­se fundamentos mais importantes do que uma elaboração visual mais rebuscada. Cineastas como Eli Roth (O albergue), James Wan (Jogos mortais), Takashi Shimizu (O grito) e Hideo Nakata (O chamado) estão entre os que melhor souberam utilizar esses artifícios.

Livrai­-nos do mal não segue essas tendências, apesar de reaproveitar alguns ingredientes. Personagens que lembram zumbis, exorcismo, demônios fantasmagóricos, crianças em perigo e imagens de câmeras de vídeo estão presentes, só que tudo ao mesmo tempo e misturado. O personagem principal, que é um policial ex­católico atormentado pela presença do mal, é interpretado por Eric Bana (Hulk, Munique). A escolha de um astro de Hollywood como protagonista também é uma opção diferenciada, já que os filmes do estilo têm apostado em rostos menos conhecidos. O final é apoteótico e exagerado, sem preocupações minimalistas.

Cardápio de subgêneros

Dentro do terror, há subgêneros definidos por diversos tipos de recortes temáticos, que muitas vezes aparecem combinados entre si. O cinema de horror está em alta e já consolidou um calendário constante que tem sido mantido nos últimos anos. Há novos lançamentos praticamente todos os meses. É possível criar agrupamentos, mas sempre surgem filmes que podem ser encaixados em mais de uma categoria ao mesmo tempo. Há ainda situações transversais, como a casa assombrada ou a ficção científica de terror, que podem estar situadas em diversos desses subgêneros de acordo com o ambiente onde se passam as histórias.

Para embrulhar o estômago

No lugar de provocar medo e ou dar sustos, alguns filmes se concentram no desconforto. A sensação de agonia é atingida com cenas que beiram a escatologia, com apresentação explícita de sangue, órgãos humanos e todo tipo de meleca. Alguns chocam mais por serem nojentos e outros por transmitirem dor com imagens de tortura. O público vivencia uma espécie de ritual sadomasoquista. Por causa do apelo visual, o termo "porn" (pornô) costuma ser usado como rótulo para essa subdivisão, assim como gore. Entre os exemplos recentes estão a série Jogos mortais, a refilmagem de A morte do demônio e a obra do cineasta Eli Roth, famoso por O albergue, que se prepara para lançar Canibais ainda este ano.

Mentes perigosas

A ameaça pode estar entre os próprios seres humanos. O medo faz parte do cotidiano da sociedade, com psicopatas. Uma noite de crime, Você é o próximo e O maníaco estão entre os últimos lançamentos. Na quinta, entra em cartaz o nacional Isolados, com Bruno Gagliasso, que também se enquadra nessa proposta.

Criaturas avomináveis

Zumbis, alienígenas, vampiros, lobisomens, animais ferozes e outros tipos de monstros atormentam o imaginário das pessoas e são perfeitos para povoar filmes de terror. Entre os sucessos recentes estão Guerra mundial Z, Cloverfield, O hospedeiro, Sobrenatural e os longas do brasileiro Rodrigo Aragão, como Mar negro (foto).

Possessão demoníaca

O exorcista (1973) e A profecia (1976) são os maiores clássicos quando o assunto é o demônio. Variações dessas situações se renovam em filmes, como A invocação do mal, O último exorcismo e O exorcismo de Emily Rose. A essência é mexer com antigas maldições relacionadas a ícones da Igreja Católica.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES